20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Médico infectologista Celso Tavares morre ao 67 anos

Com currículo extenso, o Doutor Tavares era o principal convidado nos meios de comunicação de Alagoas em pautas de informações sobre saúde pública

O médico infectologista Celso Tavares faleceu na noite deste domingo (9), aos 67 anos, após passar por problemas cardíacos. Seu corpo será velado a partir das 9h da manhã na Capela 1, do Cemitério Parque das Flores, com enterro marcado para 18h.

Professor aposentado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), ele foi assessor técnico em Doenças Infeciosas e Parasitárias da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Além de ter trabalhado como coordenador Geral de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Maceió, ele foi membro da Câmara Técnica de Infectologia do Conselho Regional de Medicina (Cremal).

Doutor em Ciências pelo Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPqAM/Fiocruz), foi mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP).

Este currículo fazia dele o principal convidado nos meios de comunicação de Alagoas. Solícito, ele aceitou diversos convites para ser entrevistado ou esclarecer dúvidas em reportagens quando o tema era necessário maiores informações sobre saúde pública.

 

Ver essa foto no Instagram

 

NOTA DE PESAR 🖤🏴✴ . É com extremo pesar que o Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA), unidade assistencial da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), recebe a notícia do falecimento do médico infectologista Celso Tavares. . Doutor em Ciências, Celso Tavares trabalhou durante anos no Hospital Escola Dr. Helvio Auto, acompanhando alunos nas enfermarias e avaliando casos. Como professor de Infectologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), acolhia alunos sem distinção. . Também foi vice-diretor do Hospital Escola Dr Helvio Auto, a convite do amigo e ex-diretor-geral do HEHA, Marcelo Constant. “Celso foi uma das pessoas mais inteligentes que já conheci, pois além de conhecimento, ele tinha uma sensatez invejável, muito ponderado e exímio conselheiro”, destacou, emocionado, o ex-diretor do HEHA, infectologista Marcelo Constant. . Já como assessor técnico da Sesau, Tavares contribuiu para estruturação e manutenção do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE), do Hospital Helvio Auto, analisando e instruindo os servidores a respeito de alguns casos. . “Celso era inspirador como médico e pessoa, era um cientista do bem! Foi um grande conselheiro para todos nós, infectologistas alagoanos, e muito lutou por melhorias no Hospital Escola Helvio Auto e na nossa saúde pública. Ficará um grande vazio nos nossos corações”, ponderou a gerente médica do Hospital Helvio Auto, infectologista Luciana Pacheco. . Enviamos a toda família nossos votos de serenidade e força para enfrentar esta perda tão prematura. . Dr. Celso deixa um legado inestimável para a Infectologia alagoana. Professor nato, defensor da Saúde Pública e do SUS, foi um exemplo para todos os profissionais que lutam pelo bem-estar geral da população. . Direção Geral do Hospital Escola Dr. Helvio Auto/Uncisal . . . #HospitalEscolaDrHelvioAuto #HospitalEscolaHelvioAuto #HospitalDrHelvioAuto #HospitalHelvioAuto #HEHA #HEHA107anos #Uncisal #Uncisal51anos #SomosUncisal #SomosTodosUncisal #Saúde #SaúdeAlagoas #Alagoas #Maceió #SUS #SaúdePública #Universidade #UniversidadePública #Infectologia #DoençasInfectoContagiosas #Dr.CelsoTavares #CelsoTavares #Dr.Celso

Uma publicação compartilhada por Hospital Dr. Helvio Auto (@hospitalhelvioauto) em