22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Paulo Dantas protocola sua candidatura ao cargo de governador do Estado

Deputado estava acompanhado do senador Renan Calheiros, do deputado federal Isnaldo Bulhões, do presidente da ALE, Marcelo Victor e do presidente do PT em Alagoas, Ricardo Barbosa

O deputado estadual Paulo Dantas (MDB) oficializou nesta terça-feira, 19, sua candidatura a governador de Alagoas, nas eleições indiretas que serão realizadas pela Assembleia Legislativa no dia 2 de maio. O registro foi entregue no protocolo da Casa.

Paulo Dantas disse que o alagoano pode esperar muito trabalho, dedicação e comprometimento.

“Alagoas conseguiu avançar bastante em todas as áreas nestes últimos anos, e nosso compromisso central é fazer com que nada pare e tudo siga adiante, para que possamos ter a condição de consolidar esses avanços, tocando obras importantes e de desenvolvimento regional que promovam renda e emprego, dentre elas o aeroporto de Maragogi, obras de saneamento básico e a duplicação da rodovia que liga Maceió a Barra de Santo Antônio”.

O líder da Maioria na Assembleia Legislativa disse ainda que os alagoanos poderão contar com um governador experiente e comprometido, que por onde passou demonstrou sua capacidade de administração, com diálogo e transparência.

“Estarei me cercando de pessoas técnicas e capacitadas, que tenham a condição de contribuir com bons projetos”, disse. Por fim, Paulo Dantas, sertanejo, fez questão de destacar a continuidade das obras do Canal do Sertão.

Promessas

Paulo Dantas garantiu aos alagoanos que, se eleito, sua gestão será de muito trabalho e que dará continuidade aos avanços conquistados nos últimos anos, inclusive retomando as obras do Canal do Sertão.

“Os alagoanos podem ficar tranquilos, porque minha gestão será de muito trabalho, de empenho e que terei uma equipe extremamente técnica, para que alcancemos os melhores resultados. Vamos dar continuidade às obras importantes para o nosso Estado. Vamos retomar as obras do Canal do Sertão, que foi abandonada pelo Governo Federal, uma obra importante para a população do Sertão e Agreste do nosso Estado”.

Dantas afirmou que seu primeiro ato como governador será nomear 50% do secretariado com mulheres. Para ele, as mulheres terão participação nas decisões mais importantes para Alagoas.

“Meu primeiro ato será nomear mulheres em 50% do secretariado do Estado. Sempre defendi a paridade de gênero e quero que elas participem das principais decisões do estado”.

Aliados

Dantas estava acompanhado do senador Renan Calheiros (MDB/AL), do deputado federal Isnaldo Bulhões (MDB/AL), do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor, do presidente do PT em Alagoas, Ricardo Barbosa, e de vários deputados estaduais e prefeitos.

O senador Renan Calheiros ressaltou a importância da candidatura de Paulo Dantas para a continuidade da administração do Estado.

“Tudo está sendo feito como manda as constituições Federal e Estadual, garantida a segurança jurídica do processo. Momento importante para o MDB e para a democracia. Paulo é um quadro muito importante no partido e uma liderança indiscutível na Assembleia Legislativa”.

O deputado Isnaldo Bulhões falou do momento vivido pelo Estado e da importância de Paulo Dantas nesse contexto.

“Paulo representa a continuidade do projeto que vem dando certo em Alagoas. Ele é preparado para assumir o cargo de governador e nós depositamos nele toda nossa confiança. O MDB fica muito feliz com este registro de candidatura e nós iremos, em Brasília, colaborar para que Alagoas continue com este ciclo de crescimento expressamente reconhecido pelos alagoanos”.

Currículo

Paulo Dantas tem 43 anos, nasceu em Maceió e é filho de Silvana Amaral e de Luiz Dantas, que foi secretário de Estado, deputado federal e presidente do Poder Legislativo de Alagoas. É casado há 25 anos com Marina Dantas, com quem tem duas filhas.

Está em seu primeiro mandato como deputado estadual, tendo sido eleito em 2018 com 38.397. Na Assembleia, é líder do Bloco da Maioria e presidente da Comissão de Constituição e Justiça. Formado em Administração, é produtor rural e foi prefeito de Batalha por oito anos, entre 2005 e 2012.