28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

PF faz operação contra fraude milionária em empréstimos no interior de Alagoas

Recursos eram destinados para finalidades diversas das previstas pelo Programa de incentivo à agricultura familiar

A Polícia Federal em Alagoas deflagrou nesta quinta-feira (24) a segunda fase da Operação Pasto de Papel, que tem como objetivo investigar crimes contra o Sistema Financeiro Nacional cometidos na região de Cacimbinhas e adjacências.

Está sendo cumprido também um mandado de busca e apreensão expedido pelo Juízo da 11ª Vara Federal da Subseção de Santana do Ipanema/AL, no interesse do inquérito policial que deu origem à primeira etapa desta operação policial.

Estima-se que o valor total dos contratos investigados nesta segunda etapa aproximar-se de 1 (um) milhão de reais. Os documentos apreendidos serão juntados ao inquérito policial instaurado na Polícia Federal em Alagoas e que está em andamento.

As investigações em ambos os casos indicam que um determinado grupo, através de simulações de contratos de promessa de compra e venda, comodato e de outras formas capazes de sugerir titularidade de uma propriedade rural, além de outras fraudes na instrução dos pedidos de financiamento, logrou êxito em obter a liberação dos recursos, que tão logo disponibilizados nas contas bancárias eram destinados para finalidades diversas das previstas pelo Programa de incentivo à agricultura familiar.

Aproximadamente, 30 policiais federais foram mobilizados para dar cumprimento a 6 (seis) mandados de Busca e Apreensão, expedidos pelo Juízo da 12ª Vara Federal de Alagoas, Subseção de Arapiraca/AL.

Assim como a primeira fase, esta etapa também contou com apoio do Banco do Brasil, instituição bancária que opera a concessão dos financiamentos relacionados ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar.

A primeira fase da Operação foi deflagrada em 02/12/ 2021, e os fatos investigados, nesta segunda etapa, são semelhantes, embora tenham ocorrido em região diversa.