4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Plantão psicológico retoma atendimentos no Parque do Horto neste sábado

Ação é gratuita e tem como objetivo escutar os visitantes e esclarecer dúvidas sobre saúde mental; uso de máscara é obrigatório

O projeto plantão psicológico “O parque te escuta” vai voltar com atividades presenciais no próximo sábado (22), das 9h às 12h, no Parque do Horto, localizado no bairro do Farol, em Maceió. A ação é gratuita e tem o objetivo de ouvir os visitantes e esclarecer dúvidas sobre saúde mental.

A iniciativa do projeto partiu das psicólogas Karine Braga e Christiane de Sá Dantas, com o apoio da Prefeitura de Maceió. Devido ao aumento de casos de covid-19, a dinâmica vinha sendo feita pelas redes sociais.

Os visitantes do Parque do Horto podem ser atendidos de forma pontual, mas com a possibilidade de obter encaminhamento para um processo terapêutico a longo prazo, de acordo com a necessidade de cada pessoa.

A ação será aberta ao público em geral e o cidadão deve levar a carteira de identidade para realizar o cadastro. No entanto, as vagas para o atendimento são limitadas.

Para quem irá ao parque, o uso de máscara é obrigatório. Além disso, elas passarão por aferição de temperatura na porta e terá álcool em gel disponível.

De acordo com a psicóloga Ana Karine Braga, uma das idealizadoras do projeto, a pandemia alterou a saúde mental das pessoas, contribuindo para o desequilíbrio emocional.

“A preocupação com o vírus, a doença, os problemas financeiros, as mudanças sociais e até o isolamento contribuíram para o desequilíbrio emocional. Aumentando, assim, os casos de depressão, ansiedade, pânico, fobias. O projeto trabalha no sentindo de prestar apoio através do plantão, para que as pessoas consigam identificar seus problemas e assim buscarem ajuda necessária e especializada”. Ana Karine Braga.

Rafaela Brito, coordenadora dos parques, afirma que é importante eventos que sejam voltados para a saúde do ser humano e realizados ao livre.

“O Parque do Horto por si só proporciona ao visitante um bem-estar, um contato com a natureza que é bastante legal para a saúde. O plantão completa essa medicação da mente, com um atendimento mais especializado e focado na resolução desses problemas”. Rafaela Brito.