19 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Profissionais de saúde paralisam atividades em postos que atendem Covid em Maceió

Eles reclamam atrasos de salários e SMS diz que está auditando a folha herdada da gestão passada

Unidades de Síndrome gripais paralisadas

Os profissionais  de saúde de duas Unidades de Síndromes Gripais de Maceió, as chamadas Unidades Sentinelas, suspenderam o atendimento para pacientes com suspeita de Covid-19.

Eles estão sem salários há 16 dias. Os profissionais foram contratados  no começo da pandemia para reforçar equipes que estão na linha de frente da Covid-19.

As Unidades Sentinelas são os velhos postos de saúde que foram transformados em locais para atendimento exclusivo de Covid-19.

Em nota, a Secretária Municipal de Saúde (SMS) informou que está sendo realizada uma auditoria detalhada em todos os contratos, que são da gestão anterior.

A secretaria comunicou que “os pagamentos dos servidores contratados já estão em processamento e a situação será normalizada com a maior brevidade”.

A situação é preocupante por que ocorre exatamente no momento em que os casos de Covid em todo o Estado são crescentes. Tanto que o governo estadual anunciou a área vermelha em todos os municipios alagoanos.