16 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Retorno às salas de aula sem imunização: Há segurança para professores e alunos?

Na live desta quinta-feira, o blog Por Elas vai conversar com o secretário estadual da Educação, Fábio Guedes

Programado para acontecer nas próximas semanas – a previsão do Estado é 1º de março – o retorno às aulas presenciais na rede pública tem gerado polêmica. A pandemia continua a todo vapor, mas nem os profissionais da Educação, e muito menos os estudantes, entraram ainda na fila de prioridade da vacina contra a Covid-19.

Essa é uma realidade que afeta as escolas públicas municipais, estaduais e federais, assim como a rede privada, que já retornou ao ensino presencial. E tem gerado manifestações muitas das representações de classe em todas as esferas – entre eles Sintufal e Adufal (da Universidade Federal de Alagoas), SintEtfal (dos Institutos Federais), Sinpro-al (sindicato dos professores de Alagoas), e o Sinteal, que representa os trabalhadores da Educação da rede pública do Estado e dos municípios alagoanos – em defesa da priorização da Educação no programa de imunização do Estado.

Enquanto isso não é possível e a pandemia persiste em alta escala, a categoria resiste com uma mensagem: “Volta às aulas presenciais só com infraestrutura, segurança e vacina”.

Reprodução: Sinteal

Então: Há segurança no retorno às salas de aula em plena pandemia? O protocolo basta para proteger alunos e educadores da contaminação pelo coronavírus no ambiente escolar? O Estado está preparado para atender a esses três requisitos, que envolvem infraestrutura capaz de acomodar a todos com segurança e o distanciamento prudencial? Pelo menos em relação à vacina, ainda não. A comunidade escolar ainda nem sabe quando será imunizada, e sem isso, qual a segurança de profissionais e estudantes, para compartilharem o mesmo ambiente de uma sala de aula, durante quatro ou cinco horas por dia?

Por que não dá para esperar mais um pouco, até que a vacina alcance esse seguimento?

Vamos aprofundar essa discussão numa conversa com o secretário de Estado da Educação, Fábio Guedes. Ele será o entrevistado desta quinta-feira (11), na live Por Elas, do Eassim.com.

Vamos falar sobre esse retorno presencial, como vai ser, que segurança terão profissionais da Educação e estudantes, sobre as manifestações contrárias e que tipo de diálogo tem acontecido com as categorias envolvidas no âmbito estadual.

Tem esse e outros assuntos na pauta: A partir das 20h desta quinta-feira (11), pelo instagram @Eassimnotícias.