18 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Sem leitos de UTI disponíveis no Pará, população arrebenta portão de hospital em Belém

Unidades de Pronto Atendimento e prontos-socorros da capital estão com a capacidade de atendimento saturada

Um grupo de usuários tentou derrubar o portão de entrada do Hospital Abelardo Santos, em Belém, capital do Pará, nesta quarta (29). A ação aconteceu pouco depois de o governador Hélder Barbalho anunciar, em suas redes sociais, que tomou a decisão de transformar o hospital em pronto-socorro na tentativa de auxiliar o município a desafogar as unidades de saúde.

Desde o final de semana, as Unidades de Pronto Atendimento e prontos-socorros da capital estão com a capacidade de atendimento saturada. Hospitais, tanto da rede pública, como privada, não têm mais leitos de UTI. A Polícia Civil informou ainda que organizadores e incentivadores deste crime já foram identificados e serão responsabilizados na Justiça.