24 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Aquecimento Global

Setembro de 2020 foi o mês mais quente da história

Setembro de 2020 foi o mês mais quente da história

Mundo
O mês de setembro foi o mais quente já registrado, exibindo temperaturas anormalmente altas no litoral da Sibéria, no Oriente Médio e em partes da América do Sul e da Austrália, disse o Serviço Copérnico contra a Mudança Climática da União Europeia (UE) nesta quarta-feira (7). Ampliando uma tendência de aquecimento de longo prazo, causada pelas emissões de gases do efeito estufa, as temperaturas altas deste ano desempenharam grande papel em desastres que vão dos incêndios no estado norte-americano da Califórnia e no Ártico às inundações na Ásia, disseram cientistas. Globalmente, setembro foi 0,05 grau Celsius mais quente do que o mesmo mês de 2019 e 0,08 grau Celsius mais quente do que em 2016, até então o setembro mais quente e o segundo mais quente já notificado, como mostraram
Líderes mundiais falam em apocalipse ambiental e que se morte não for pela covid-19, será pelo clima

Líderes mundiais falam em apocalipse ambiental e que se morte não for pela covid-19, será pelo clima

Mundo
Original de Bhaswati Guha Majumder, no ibTimes. Como a Sibéria registrou a temperatura mais quente este ano, a Groenlândia perdeu uma grande quantidade de calotas polares e o Canadá deslizou para o oceano, os líderes mundiais alertaram nesta semana, durante o encontro anual das Nações Unidas, que se COVID-19 não nos matar, o clima terminará o trabalho Enquanto se concentrava nos incêndios florestais nos Estados Unidos e na perda de pedaços de gelo na Groenlândia, o primeiro-ministro de Fiji, Frank Bainimarama, disse que o mundo já está testemunhando "uma versão do Armagedom ambiental". Leia mais: Cientistas alertam: ‘Geleira do Juízo Final’ na Antártida está derretendo de forma acelerada Era para ser o ano "em que retomamos nosso planeta", mas a pandemia do Coronavirus desv
Já estamos no “pior cenário” do derretimento das camadas de gelo, alerta pesquisa

Já estamos no “pior cenário” do derretimento das camadas de gelo, alerta pesquisa

Mundo
Texto original no News.Sky Os mantos de gelo na Groenlândia e na Antártica estão derretendo a uma taxa que corresponde ao pior cenário para o aumento do nível do mar, de acordo com um novo estudo. A grande maioria da massa de gelo do planeta está contida na camada de gelo da Antártica, que faria com que o nível do mar subisse 58 metros se derretesse completamente. A camada de gelo da Groenlândia, muito menor, que pesquisas anteriores sugerem que pode ter derretido além do ponto de retorno, causaria um aumento de pouco mais de sete metros. Embora um derretimento completo não seja esperado, mesmo pequenos aumentos podem ter um efeito devastador e uma nova pesquisa diz que os níveis globais do mar já aumentaram 1,8 cm desde os anos 1990. E este índice corresponde ao pior cenár
O planeta Terra perdeu 28 trilhões de toneladas de gelo nos últimos 23 anos

O planeta Terra perdeu 28 trilhões de toneladas de gelo nos últimos 23 anos

Mundo
Original em inglês no do The Guardian Um total de 28 trilhões de toneladas de gelo desapareceram da superfície da Terra desde 1994. Essa é a conclusão de cientistas do Reino Unido que analisaram pesquisas por satélite dos pólos, montanhas e geleiras do planeta para medir a quantidade de cobertura de gelo perdida devido ao aquecimento global desencadeada pelo aumento das emissões de gases de efeito estufa. Os cientistas, baseados nas universidades de Leeds e Edimburgo e na University College London, descrevem o nível de perda de gelo como "impressionante" e alertam que sua análise indica que o aumento do nível do mar, desencadeado pelo derretimento de geleiras e mantos de gelo, pode chegar a um metro no final do século . “Para colocar isso em contexto, cada centímetro de elevação do nív
Cientistas alertam: ‘Geleira do Juízo Final’ na Antártida está derretendo de forma acelerada

Cientistas alertam: ‘Geleira do Juízo Final’ na Antártida está derretendo de forma acelerada

Mundo
 Muitos cientistas climáticos consideram a geleira Thwaites, na Antártida Ocidental, como uma das geleiras mais vulneráveis ​​e mais significativas do mundo em termos de futura elevação global do nível do mar . Seu colapso elevaria o nível global do mar em mais de meio metro por conta própria e posteriormente liberaria outros grandes corpos de gelo na Antártida Ocidental, que juntos poderiam elevar o nível do mar em 2-3 metros. O aumento do volume no mar acontece porque grande parte da geleira está em solo continental da Antártida, e não no oceano. Icebergs estão no mar, geleiras em terra, e quando estas derretem, todo o volume d'água é direcionado para o mar. As ramificações para muitos países, incluindo a maioria das cidades costeiras do mundo, seriam catastróficas. Por esse
Aquecimento global já ameaça a realização de Jogos de Inverno

Aquecimento global já ameaça a realização de Jogos de Inverno

Mundo
Pesquisadores da América do Norte advertiram que mudanças climáticas podem alterar a situação geográfica dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno. Uma equipe de pesquisadores do Canadá e dos Estados Unidos observou 21 cidades que sediaram ou sediarão a Olimpíada de Inverno entre os anos de 1924 e 2022 para calcular como elas vão ser impactadas pelo aquecimento global. Os pesquisadores informaram que os cálculos foram baseados no cenário hipotético, que se passa no final deste século, em que a temperatura média global sobe quatro graus centígrados acima do período pré-industrial. Eles disseram ter checado se a temperatura durante o dia cairia para menos de zero e se a neve com mais de 30 centímetros seria capaz de se sustentar. Como resultado, seis cidades, incluindo Va
Contra “catástrofe climática”, emissões de CO2 precisam cair 7,6% ao ano

Contra “catástrofe climática”, emissões de CO2 precisam cair 7,6% ao ano

Mundo
O relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) divulgado hoje (26) alertou que é preciso reduzir em 7,6% a emissão de gases de efeito estufa no período entre 2020 e 2030 para evitar uma "catástrofe climática". O documento do organismo das Nações Unidas indicou que sem essa redução, a temperatura do planeta pode aumentar 3,2ºC. Pelo acordo de Paris sobre o aquecimento global, a previsão seria de aumento de 1,5ºC na temperatura até ao fim do século. Mesmo diante do risco, representantes do Pnuma afirmaram que não há sinal de esforço nesse sentido e que os acordos atuais para a redução das emissões são insuficientes. Os dados mostram que em 2018, o total de emissões de CO2 atingiu níveis recordes e, na última década, as emissões aumentaram 1,5% por ano.
ONU: Nível do mar sobe 2,5 vezes mais rapidamente do que no século 20

ONU: Nível do mar sobe 2,5 vezes mais rapidamente do que no século 20

Mundo
O relatório dos especialistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) da ONU sobre o estado de saúde dos oceanos e das zonas glaciais foi adotado na terça-feira (24), após uma noite de debates contidos pelas objeções sauditas. O conteúdo do relatório foi divulgado nesta quarta-feira (25). Segundo o texto, muitas cidades litorâneas e pequenas ilhas devem sofrer até 2050 fenômenos meteorológicos extremos anualmente, mesmo que o mundo reduza suas emissões de gases-estufa, porque o nível do mar está subindo 2,5 vezes mais rapidamente do que no século 20, diz o texto. Milhões de pessoas vivem em áreas costeiras pouco elevadas, particularmente vulneráveis aos impactos das mudanças climáticas. Alguns países correm o risco de se tornarem inabitáv
Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100

Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100

Mundo
Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) aponta que a média da temperatura do planeta poderá aumentar em até 3,4 º C até o final deste século. O documento, que reúne estudos científicos da Organização Meteorológica Mundial e outros órgãos especializados, foi publicado nesse domingo (22), um dia antes do início da Cúpula sobre a Ação Climática em Nova York. Segundo o documento, que defende a adoção de medidas para combater o aquecimento global, a média da temperatura do planeta de 2015 para 2019 será 0,2 º C acima do período anterior de cinco anos. Além disso, ela é 1,1º C mais quente que os níveis pré-industriais de 1850 a 1900. O relatório ainda aponta que o aumento dos níveis dos mares tem acelerado, e indica que a acidez dos oceanos aumentou 26% desde o iníc
Islândia realiza funeral para primeira geleira perdida pelas mudanças climáticas

Islândia realiza funeral para primeira geleira perdida pelas mudanças climáticas

Mundo
A Islândia registrou a primeira perda de uma geleira para a mudança climática. Isso enquanto cientistas alertam que centenas de outras camadas de gelo na ilha subártica correm o mesmo risco. Uma agência americana registrou o mês de julho como mais quente já registrado no mundo e uma placa de bronze foi montada em uma rocha, em uma cerimônia no terreno estéril, uma vez coberta pela geleira Okjokull no oeste da Islândia. Cerca de 100 pessoas subiram a montanha para a cerimônia, incluindo a primeira-ministra da Islândia, Katrin Jakobsdottir, a ex-comissária de direitos humanos da ONU, Mary Robinson, e pesquisadores locais e colegas dos Estados Unidos que foram pioneiros no projeto de comemoração. "Espero que esta cerimônia seja uma inspiração não apenas para nós aqui na Islândia, m