2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Tag: PCC

Milícia que manda e mata sob o manto da farda e do escudo é cada vez mais poderosa

Milícia que manda e mata sob o manto da farda e do escudo é cada vez mais poderosa

Blog, Marcelo Firmino
O poder paralelo e marginal das milícias é assustador e requer ação eficaz das autoridades e instituições comprometidas com o bem estar social, em qualquer que seja a região do País. As milícias se fortaleceram tanto, como poder acima da lei e da ordem, que hoje tem seus representantes, principalmente, no Rio de Janeiro, em quase todas as instituições. Notadamente, no Legislativo, mas sobretudo nas corporações da segurança pública. E por quê? As milícias são grupos paramilitares compostos por agentes de segurança, incluindo policiais, bombeiros e militares, que fundaram suas organizações criminosas, sob a proteção do escudo, da farda e de autoridades. O quadro é tão preocupante que, de acordo com o IBGE, 57% da cidade do Rio de Janeiro vive sob o domínio de organizações cri
Sargento da PM era segurança de braço financeiro do PCC

Sargento da PM era segurança de braço financeiro do PCC

Policia
O sargento da Polícia Militar Farani Salvador Freitas Rocha Júnior, 36, investigado pela morte de Wagner Ferreira da Silva, o Cabelo Duro, um dos grandes narcotraficantes do Primeiro Comando da Capital, era o segurança do maior braço financeiro do PCC, desarticulado esta semana durante a Operação Rei do Crime, da Polícia Federal. Cabelo Duro foi morto a tiros em 23 de fevereiro de 2018 no Tatuapé, zona leste da Capital, uma semana após assassinar Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca, dois homens da alta cúpula do PCC. O duplo homicídio aconteceu na aldeia indígena de Aquiráz, região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Os indícios da ligação do sargento com o PCC aumentaram na última quinta-feira (30/9), quando a Polícia Federal deflagro

Megaoperação contra o PCC cumpre 212 mandados em Alagoas e outros 10 estados

Brasil
Foi deflagrada, nesta terça-feira (28), a Operação Flashback II, prosseguindo no combate ao principal núcleo da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Nesta segunda fase da Operação Flashback, os mandados são cumpridos em Alagoas, Pernambuco, Ceará, Bahia, Paraíba, Piauí, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais. O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) deflagrou a operação em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Alagoas (SSP/AL), a Polícia Federal, a Polícia Civil de Alagoas, por meio da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), e a Polícia Militar de Alagoas, por meio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Participaram, de forma articulada, do cumprimento dos mandados, os Grupos de Atuação Especial de C
Operação Flashback prendeu mais de 80 integrantes do PCC em todo o país

Operação Flashback prendeu mais de 80 integrantes do PCC em todo o país

Alagoas
A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas juntamente com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ministérios Públicos Estaduais e o Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) realizaram, nesta quarta-feira (27), uma coletiva de imprensa para detalhar a Operação Flashback, que foi deflagrada durante a madrugada em Alagoas e outros sete estados. A primeira fase da operação, em abril de 2019, teve início em Alagoas e, após grande trabalho de investigação, passou a envolver mais sete estados do Brasil. Foram expedidos 110 mandados de prisão, que foram cumpridos em Alagoas, Tocantins, Pernambuco, Sergipe, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná. Os alvos da operação pertencem ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que comanda rebeliões, assaltos, sequ
“Operação Flash Back” combate o PCC em Alagoas e mais sete estados

“Operação Flash Back” combate o PCC em Alagoas e mais sete estados

Policia
Execuções sumárias de rivais ou inocentes, sequestros, tráfico de drogas e assaltos. Após sete meses de investigação, foi deflagrada a “Operação Flash Back”, uma ação que cumpre, nesta quarta-feira (27), 110 mandados de prisão em Alagoas, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, São Paulo, Tocantins e Sergipe. Deste total, 66 mandados de prisão são cumpridos aqui no estado. O Ministério Público do Estado de Alagoas atuou em cooperação com os Gaecos dos Ministérios Públicos dos Estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, São Paulo, Tocantins e Sergipe. O objetivo do trabalho é combater o principal núcleo da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), com base no Mato Grosso do Sul, de onde saem as ordens de justiçamento para todo Brasil