18 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 7 de outubro de 2021

Pela primeira vez em 19 meses, não houve em Alagoas morte por Covid-19 em 24h

Pela primeira vez em 19 meses, não houve em Alagoas morte por Covid-19 em 24h

Alagoas
Pela primeira vez, desde abril de 2020, segundo mês de pandemia do coronavírus em Alagoas, não foi registrada morte por Covid-19 no Estado, em um período de 24 horas. A informação foi divulgada pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, nesta quinta-feira (7), que comemorou a notícia em suas redes sociais. “Nas últimas 24 horas não morreu ninguém em Alagoas vítima da Covid-19. É um dado muito importante, um dado a comemorar. Eu queria aproveitar para parabenizar cada profissional de saúde que tanto tem se dedicado nesse 2021. Desde o início da pandemia, ainda em  2020, e agora a gente pode comemorar esse resultado tão expressivo, que é fruto da vacinação, fruto do uso das máscaras e da colaboração da nossa população. Vamos seguir em frente. A pandemia ainda não acabou, mas a
CPI da Pandemia aprova terceira convocação de Queiroga

CPI da Pandemia aprova terceira convocação de Queiroga

Política
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado aprovou nesta quinta-feira (7) um novo requerimento de convocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para prestar depoimento ao colegiado. Essa é a terceira vez que o ministro é chamado a dar explicações à CPI. Os senadores querem saber sobre a mudança, “de última hora” na pauta da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), que hoje trataria do uso de medicamentos do chamado kit covid. O grupo de senadores independentes e de partidos de oposição, que tem maioria na comissão, acredita que tenha sido feito algum pedido para que os técnicos deixassem de avaliar a questão nesta quinta-feira. Segundo o Ministério da Saúde, “o coordenador do grupo de especialistas, que está elaborando as dir
Procura por segunda dose de vacinas contra a Covid-19 aumenta em Maceió

Procura por segunda dose de vacinas contra a Covid-19 aumenta em Maceió

Maceió
Em análise realizada ontem (6), a Secretaria Municipal de Saúde identificou 53.617 pessoas com o ciclo vacinal contra a Covid-19 atrasado, o que representa 12,38% de faltosos para a segunda dose. Embora seja alto, o número traz uma redução de 4.965 em relação ao último levantamento, divulgado no último dia 29, quando havia 58.582 pessoas em atraso. Das pessoas que seguem em atraso, 18.249 não concluíram a imunização com a vacina Coronavac, 17.931 com Astrazeneca e 17.437 com a Pfizer. A atualização aponta uma tendência de aumento na procura pela segunda dose, em relação às demais etapas da vacinação observada todos os dias durante a última semana em Maceió. Mais da metade das vacinas aplicadas em Maceió nos últimos dias foram de segunda dose. Dos 37.854 pessoas que se vacin
Senadores querem derrubar veto presidencial à distribuição de absorventes a mulheres em pobreza extrema

Senadores querem derrubar veto presidencial à distribuição de absorventes a mulheres em pobreza extrema

Brasil
Senadores prometem se mobilizar para derrubar no Congresso o veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, à distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda e mulheres em situação de rua. A medida integrava o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual, sancionado nesta quinta-feira (7) e transformado na Lei 14.214, de 2021. “O Congresso precisa derrubar o veto de Bolsonaro para demonstrar que, ao contrário dele, os parlamentares se importam com o fato de que uma em cada quatro meninas faltam aulas por não terem acesso a absorventes”, tuitou a senadora Zenaide Maia (Pros-RN), que foi a relatora do PL 4.968/2019, da deputada Marília Arraes (PT-PE), aprovado pelo Senado em 14 de setembro. O objetivo da proposta é o de combater a pobreza menstrual, que
Prova de vida para segurados do INSS é suspensa até fim do ano

Prova de vida para segurados do INSS é suspensa até fim do ano

Brasil
O presidente Jair Bolsonaro promulgou a lei que suspende, até 31 de dezembro de 2021, a comprovação de vida para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A medida havia sido vetada por Bolsonaro na Lei nº 14.199, de 2 de setembro de 2021 que prevê meios alternativos para prova de vida, mas o veto foi derrubado pelo Congresso. O trecho, agora em vigor, foi publicado ontem (6) em edição extra do Diário Oficial da União. A prova de vida é uma exigência para manutenção do benefício e o não cumprimento leva a sanções que podem chegar à suspensão do pagamento por falta de atualização cadastral. Em 2020, a exigência da prova de vida foi suspensa em razão da pandemia de covid-19, mas retomada em junho deste ano. A medida afeta a vida de mais de 7,3 milhões de ap
Audiência pública em Delmiro Gouveia debate na sexta-feira a gestão do Canal do Sertão

Audiência pública em Delmiro Gouveia debate na sexta-feira a gestão do Canal do Sertão

Alagoas, Expresso
Parlamentares e representantes de vários órgãos e entidades públicas e privadas, a exemplo da Ufal, Fetag, AMA, Casal, IMA, Ifal e OAB, participam nesta sexta-feira, 8 de outubro, às 10h, da audiência pública para apresentação do diagnóstico do trabalho “Elaboração de Proposta do Modelo de Gestão do Canal Adutor do Sertão Alagoano”. A apresentação será conduzida pela HIDROBR Consultoria Ltda., contratada pela Agência de Bacia Hidrográfica Peixe Vivo para realizar o trabalho. A audiência pública foi solicitada pela deputada Jó Pereira (MDB). A importância econômica e social do Canal para Alagoas e a necessidade de avanços e investimentos na manutenção e na produtividade dessa que é a maior obra hídrica realizada com recursos federais em um estado, é uma pauta antiga encampada pela
Davi Maia afirma que Arsal e BRK descumprem decisão judicial que impede reajuste na tarifa d’água

Davi Maia afirma que Arsal e BRK descumprem decisão judicial que impede reajuste na tarifa d’água

Alagoas
O deputado Davi Maia (DEM) informou durante a sessão plenária desta quinta-feira, 7, que enviou um comunicado ao juiz da 17ª Vara Cívil da Capital, Alberto Jorge, dando conta de que a BRK Ambiental e a Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) não estão cumprindo a decisão judicial que proibiu, de forma liminar, o aumento de 8,085% das tarifas dos serviços de água e esgoto em Maceió e na região Metropolitana. “Estamos ainda solicitando ao juiz Alberto Jorge que aplique a multa estabelecida na decisão, que é de R$ 1 mil por conta cobrada. Também temos informações de que a BRK Ambiental já está comunicando aos seus consumidores que a partir de outubro a tarifa será reajustada. Nós participamos do processo de concessão e sabemos que o contrato proíbe aumento na tarifa
Convívio Social promove reordenamento de jangadas na orla da Ponta Verde

Convívio Social promove reordenamento de jangadas na orla da Ponta Verde

Maceió
Para manter a orla de Maceió como uma das mais bonitas do Brasil, a Prefeitura tem feito diversas intervenções em toda a extensão da faixa de areia e no calçadão da capital alagoana. O reordenamento das jangadas foi mais uma ação nesse sentido. A medida ocorreu na Praia de Ponta Verde, nesta quinta-feira (7), e foi efetuada pelas Secretarias Municipais de Segurança Comunitária de Convívio Social (Semscs) e de Desenvolvimento Sustentável (Sudes). As equipes de fiscalização constaram algumas irregularidades, como jangadas e materiais abandonados na faixa de areia e que não estavam sendo utilizados por nenhum dos pescadores. No total, foram apreendidas 15 embarcações que seram descartadas corretamente. Também foram removidas outras estruturas irregulares, que serviam como depósi
JHC critica Renan Filho e Arsal pelo aumento de 8% da conta de água

JHC critica Renan Filho e Arsal pelo aumento de 8% da conta de água

Alagoas
Um dia após a Arsal (Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas) autorizar o aumento de 8% na tarifa dos serviços de água e esgoto na Região Metropolitana de Maceió, o prefeito de Maceió, JHC, criticou a agência e o governador Renan Filho em seu perfil nas redes sociais. https://twitter.com/JHC_40/status/1446104166640799747 Não é a primeira vez que o prefeito de Maceió critica ações envolvendo a BRK, controladora que durante 30 anos será responsável por parte do saneamento básico de Alagoas - mais precisamente a Região Metropolitana de Maceió. Há um mês, o próprio JHC comemorava a decisão da Justiça que suspendia o aumento, quando disse considerar um absurdo o aumento e pediu que o governador Renan Filho recuasse na decisão. Por causa disso, ele chegou a ser chamado de dem
Alagoas é destaque nacional pela gestão da Educação durante pandemia da Covid-19

Alagoas é destaque nacional pela gestão da Educação durante pandemia da Covid-19

Alagoas
Secretário Rafael Torres conversa com alunos da rede estadual. Foto: Thiago Ataíde/Arquivo Matéria com destaque na capa da edição do jornal O Globo, de quarta-feira (6), sobre os desafios da retomada das aulas presenciais, Alagoas aparece como um dos estados brasileiros a oferecer alternativas de acolhimento e suporte aos alunos para a volta às escolas na rede pública estadual durante a maior crise sanitária. A jornalista Paula Ferreira ouviu o secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, que contou como as ações da pasta e o apoio do governador Renan Filho têm ajudado quem mais precisa nesse momento difícil de pandemia do novo coronavírus. A reportagem “Estados buscam alunos e criam incentivos para aulas presenciais” mostra como Alagoas busca reduzir o abandono e a evasão esco