20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas é destaque nacional pela gestão da Educação durante pandemia da Covid-19

Secretário Rafael Brito comemora resultados das ações de Busca Ativa no Estado

Secretário Rafael Torres conversa com alunos da rede estadual. Foto: Thiago Ataíde/Arquivo

Matéria com destaque na capa da edição do jornal O Globo, de quarta-feira (6), sobre os desafios da retomada das aulas presenciais, Alagoas aparece como um dos estados brasileiros a oferecer alternativas de acolhimento e suporte aos alunos para a volta às escolas na rede pública estadual durante a maior crise sanitária.

A jornalista Paula Ferreira ouviu o secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, que contou como as ações da pasta e o apoio do governador Renan Filho têm ajudado quem mais precisa nesse momento difícil de pandemia do novo coronavírus.

A reportagem “Estados buscam alunos e criam incentivos para aulas presenciais” mostra como Alagoas busca reduzir o abandono e a evasão escolar. Uma dessas medidas é o Programa Professor Mentor – Meu Projeto de Vida, que vai favorecer o desempenho escolar na concessão de 11 mil bolsas de pesquisa para professores mentores e alunos de monitoria da rede estadual.

A volta à rotina na Escola Estadual Fernandes Lima, em Maceió, abriu a matéria. Um de seus alunos, o Alex, foi “resgatado” após abandonar as aulas porque não tinha calças jeans – o salário dos pais não dava mais para fazer esse tipo de despesa – dessa forma era difícil frequentar às aulas. Informada da situação, a unidade fez contato com a família do aluno e disponibilizou parte desse uniforme.

Então, uma campanha garantiu guarda-roupa com peças de roupas para os alunos que mais precisam.

Em entrevista ao jornal O Globo, Rafael Brito lembrou que Alagoas chegou a ter taxa de abandono escolar de 40% em relação ao total de alunos matriculados. Mas com a busca ativa, iniciativa implementada pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o percentual caiu pela metade.