4 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Bolsonaro é recebido com gritos de “fascista” no Congresso e responde: ‘Nos vemos em 2022’

Bolsonaro foi chamado de “genocida” pela oposição e de “mito” por aliados

A recepção não foi das mais calorosas ao presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta (2), durante a abertura dos trabalhos legislativos no Congresso Nacional.

Após o Hino Nacional e antes do discurso do Executivo, Bolsonaro foi vaiado hoje por parlamentares e integrantes da casa gritaram pelo seu afastamento e contra a postura do Executivo sobre a pandemia do coronavírus.

Em resposta, o presidente desafiou os colegas: “nos encontramos em 2022”. Antes de discursar, Bolsonaro ainda foi chamado de “fascista” e “genocida” por parlamentares da oposição, enquanto aliados gritavam “mito”.

“O governo federal adotou premissas básicas para salvar vidas e proteger empregos. Com base nessas premissas e com olhar aos vulneráveis, governo foi mobilizado para atuação coordenada e efetiva e todos passaram a direcionar esforços ao combate ao vírus e proteção as pessoas”. Jair Bolsonaro, presidente.

Enquanto isso, pelo 12º dia consecutivo, o Brasil apresentou média móvel de mortes por covid-19 acima de mil.

O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco oficializou hoje o início dos trabalhos legislativos no Brasil. O evento de abertura ocorreu de acordo com o rito, direto do Congresso, com a presença de Bolsonaro, do presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, e do Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).