21 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Bolsonaro garante ‘mamata’ de R$ 25 mil/mês a mulher do líder do governo na Câmara

Esposa de Ricardo Barros, líder do Centrão, é nomeada conselheira de Itaipu Binacional

Maria Aparecida Borghetti, a mulher do líder do governo, Ricardo Barros, agora com a mamata de R$ 25 mil dos cofres públicos.

O presidente Jair Bolsonaro nomeou para o Conselho da Itaipu binacional a mulher do deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), que é o líder do governo e um dos líderes do Centrão.

 Maria Aparecida Borghetti teve nomeação publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 6, e receberá como conselheira, a “bagatela” de R$ 25 mil.

Para essa “mamata”,  a esposa do líder do governo cumprirá mandato até 16 de maio de 2024.

Até lá, como conselheira de R$ 25 mil por mês, ela só precisa mesmo participar de 6 reuniões por ano. Daí para frente é só engordar a conta bancária.

A Itaipu possui um Conselho de Administração composto por 12 conselheiros, seis brasileiros e seis paraguaios, e dois representantes dos Ministérios das Relações Exteriores, um de cada país.

E alguém chegou a dizer reiteradamente que “a mamata acabou”.

Mas, o Centrão garante que não.