7 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Câmara aprova texto-base do projeto de autonomia do Banco Central

Lira costurou um acordo com os líderes e pposição tem sido derrotada em todos os seus posicionamentos contra a proposta

Os deputados aprovaram nesta quarta-feira (10), com 339 votos o texto-base do projeto de lei complementar que define a autonomia do Banco Central (BC). A proposta estabelece mandatos fixos para o presidente e para os diretores da autarquia. Os deputados discutem agora alguns destaques que podem modificar o texto.

Lira costurou um acordo com os líderes para que o texto entrasse em pauta hoje e para que não ocorresse alterações para que a matéria possa seguir para sanção e não precise retornar ao Senado, que aprovou a autonomia em setembro do ano passado. Assim, a oposição tem sido derrotada em todos os seus posicionamentos contra a proposta.

A autonomia do Banco Central era discutida há mais de 30 anos e era uma das prioridades da agenda liberal do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente do BC, Roberto Campos Neto.

A avaliação foi de que o tema já estava com consenso pela sua aprovação e poderia dar um sinal positivo ao mercado. A articulação para a aprovação da matéria teve a participação de Guedes, de Campos Neto e do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, que nesta semana se reuniram com Lira e outros líderes para tratar do assunto.