9 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Candidato do “aerotrem”, Levy Fidelix morre de covid aos 69 anos

O presidente do PRTB era constumaz candidato à presidência e foi marcado por homofobia

O presidente do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), Levy Fidelix, morreu aos 69 anos na noite desta sexta-feira (23). O político morreu de covid-19. O fundador do PRTB estava internado em um hospital particular de São Paulo desde março.

Conservador

Natural de Minas Gerais e formado em Comunicação Social, Fidelix foi o fundador do PRTB e se tornou mais conhecido após insistir no projeto do aerotrem.

Fidelix foi candidato a vereador, prefeito, deputado estadual, deputado federal, governador e presidente da República.

Em maio de 2018, abrigou o então general da reserva, Hamilton Mourão, na sigla em que comandava como dono e abriu mão da terceira disputa à presidência para apoiar o vice na chapa com Jair Bolsonaro.

Já durante a transição, em dezembro de 2018, Fidelix revelou desconforto ao não ser convidado para assumir cargos no primeiro escalão do governo.

Fidelix colecionou falas homofóbicos durante sua carreira como político. Um ponto de polêmica na carreira do político foi quando proferiu ataques contra a comunidade LGBTQ+ ao declarar em um debate na Record TV em 2014:

“Pelo que eu vi na vida, dois iguais não fazem filho. E digo mais, digo mais: desculpe, mas aparelho excretor não reproduz”. Levy Fidelix.