23 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

Davi Filho defende mais creches e fortalecimento dos conselhos tutelares

Candidato à Prefeitura de Maceió estava acompanhado de 19 conselheiros tutelares que mostraram a falta de estrutura e condições de trabalho

“Vamos investir em mais creches, proteger nossas crianças e ter a educação infantil como prioridade”. Foi isso que o candidato a prefeito Davi Filho, da coligação ‘Força e Coração pra mudar Maceió’, disse nesta segunda-feira, 27, ao visitar o CAPS AD e a Casa de Adoção Rubens Colaço, ambos no bairro do Farol.

Davi Filho estava acompanhado de 19 conselheiros tutelares que mostraram a falta de estrutura e condições de trabalho. “Vamos criar na pasta da assistência social uma superintendência para fortalecer e focar nesta área”, continuou Davi Filho.

O candidato ressaltou ainda, a importância de se garantir às crianças o desenvolvimento físico, intelectual, social e emocional integral.

“Precisamos ter a educação infantil como prioridade absoluta, com o máximo de escola em tempo integral possível. Paralelamente, vamos desenvolver ações de assistência social na rede municipal de ensino, com os pais e alunos das comunidades adjacentes à escola, envolvendo ainda as áreas da saúde, educação e cultura”. Davi Filho, candidato a prefeito de Maceió.

O conselheiro tutelar da 4ª região, Celso Dioclécio, disse que a visita de Davi Davino foi importante, pois eles puderam mostrar as dificuldades que passam por falta de estrutura tanto para os conselhos quanto para os locais de acolhimento.

“É louvável a atitude dele em vir até nós e conhecer de perto nossos problemas. Toda a estrutura visitada hoje está ultrapassada. Toda a rede precisa de uma melhoria já que somos a porta de entrada de criança e adolescente para o acolhimento”. Davi Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.