21 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Deputados aprovam reajuste dos subsídios de servidores públicos estaduais

Reajuste do subsídio do governador é aprovado com dois votos contrários

Por unanimidade dos presentes, os deputados aprovaram nesta quarta-feira (13) o projeto de lei ordinária nº 539/2021, de origem governamental, que dispõe sobre a revisão dos subsídios e vencimentos dos servidores públicos da administração direta, das autarquias e das fundações públicas, em 4.52%, extensivo aos proventos de aposentados e às pensões, a ser implantado a partir de 1º de maio.

Na ocasião também foi aprovado este mesmo reajuste para os servidores do Poder Legislativo Estadual, por meio do projeto de lei ordinária nº 56/2019. Ambos foram aprovadas em sessão extraordinária e em votação final.

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Silvio Camelo (PV), destacou o empenho de todos os parlamentares em aprovar, de forma célere, o reajuste dos servidores.

“Esta Casa, de forma rápida e necessária, fez tramitar as mensagens governamentais apreciadas neste plenário. Quero agradecer a todos os deputados e às comissões técnicas, que não mediram esforços para a aprovação dos projetos”. Silvio Camelo.

O deputado Bruno Toledo (PROS) ressaltou o empenho da Mesa Diretora, em especial do presidente Marcelo Victor, em conseguir que o projeto fosse votado com pouco mais de 24 horas depois de ter chegado na Casa.

“Quero fazer este reconhecimento do presidente desta Casa, que mostra, cada vez mais, uma liderança natural. Quem construiu essa unanimidade foi a confiança deste Parlamento em torno da presidência que temos hoje na Assembleia Legislativa”. Bruno Toledo.

Subsídio do governador

O plenário da Casa aprovou o projeto de lei ordinária nº 540/2021, de autoria da Mesa Diretora, que dispõe sobre a revisão geral anual dos subsídios do governador e do vice- governador do Estado, em 4.52%.

Na ocasião, 20 deputados estavam presentes na sessão e a matéria foi aprovada, com os votos contrários dos deputados Davi Maia (PP) e Jó Pereira (MDB).

A proposição, segundo o 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Francisco Tenório (PMN), irá beneficiar também os delegados de polícia, os fiscais de renda, os oficiais da Polícia Militar e os procuradores estaduais.

“Esse projeto não trata de reajuste salarial e sim da correção inflacionária que o Governo está aplicando aos servidores públicos de uma forma geral”. Francisco Tenório.

O deputado Davi Maia (DEM) explicou que votou contra porque iria gerar um aumento dos super salários no Estado de Alagoas.

“Neste momento de pandemia, onde os comerciantes estão desempregados e o empreendedor não consegue comercializar seus produtos, não acho justo este reajuste”. Davi Maia.

A deputada Jó Pereira (MDB) também votou contra e disse que existem outras correções, no contexto dos servidores públicos, que precisam de mais urgência.

“Dentre elas, a correção os funcionários públicos que ganham abaixo do salário mínimo. Por isso voto contra”. Jó Pereira.

Na ocasião, os líderes partidários, deputados Ronaldo Medeiros (MDB), Léo Loureiro (PP) e Jairzinho Lira (PRTB) orientaram suas bancadas a votarem a favor do projeto.

One Comment

  • Avatar Fernando José Braga De Farias

    A nobre Deputada Jô Pereira e o Deputado Davi que acham muito o valor porque vcs não faz uma doação dos seus vencimentos agora falta o governador Renan Pará com esse desconto do Al Previdência

Comments are closed.