25 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

É preciso mais voos: Trade turístico alinha demandas com bancada federal

Somente no mês de janeiro, o setor hoteleiro sentiu uma queda de 20%.

O titular da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), Jair Galvão, representou a Prefeitura de Maceió em um encontro que reuniu representantes do trade turístico, gestores públicos e a bancada federal alagoana para discutir as principais demandas do setor para os próximos quatro anos.

A reunião, iniciativa da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) em Alagoas, aconteceu nesta sexta (15), no Hotel Jatiúca, onde foram apresentados números e propostas para projetos de lei que fortaleçam a atividade turística nos destinos alagoanos.

Entre os pleitos prioritários dos empresários e demais atores do turismo local estão o saneamento, fortalecimento de ações comerciais que permitam melhor posicionamento nos mercados nacional e internacional e a ampliação da malha aérea, uma das principais dificuldades enfrentadas pelo setor.

De acordo com Galvão, o encontro é muito importante para estreitar as relações com os representantes alagoanos no governo federal, que podem atuar para a construção de um ambiente favorável onde o setor possa decolar, a partir de diretrizes legais e um investimento político-institucional.

“As reivindicações da iniciativa privada são legítimas, o momento é de somar esforços para que o turismo possa se desenvolver ainda mais e pautar a economia municipal, estadual e federal. O setor precisa de investimentos estratégicos para suprir gargalos, manter a saúde dos destinos turísticos alagoanos e aumentar a competitividade. Maceió tem registrado números muito positivos que vem ascendendo a cada ano e precisamos continuar nessa escalada”. Jair Galvão, da secretaria municipal de Turismo (Semtur).

Nos últimos dois anos a rede de hotéis em Maceió cresceu em 2.500 novos leitos e a vinda do visitante garantiu o aquecimento da economia em diversos setores ligados ao turismo, no entanto a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis destaca para a necessidade de um envolvimento maior da bancada federal dos parlamentares em Brasília atuar fortemente no crescimento do setor.

Um dos maiores desafios enfrentando pelo turismo no estado é a condição da malha aérea, que não possibilita uma maior circulação de passageiros. Milton Vasconcelos, representante da ABIH em Alagoas destacou que somente no mês de janeiro, o setor hoteleiro sentiu uma queda de 20%.

“Queremos mostrar a bancada federal formas de como o turismo pode se tornar o principal seguimento de geração de emprego e renda na economia alagoana, que reúne 50 cadeias dos outros setores”, Milton Vasconcelos, da ABIH em Alagoas.

Presente na reunião, o deputado federal e ex-ministro de Turismo, Marx Beltrão, disse que o turismo no estado merece toda a atenção da bancada federal.