30 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Economia

Fraude: Vale deixou de pagar R$ 23 bilhões em impostos no Brasil

Manobra fiscal usou a Suíça como entreposto das empresas, apesar do país europeu não ter acesso ao mar e utilizar navios de exportação

O Instituto de Justiça Fiscal (IJF), organização formada por economistas e auditores da Receita Federal, revelou que a mineradora Vale usou uma manobra comercial para deixar de pagar cerca de R$ 23 bilhões em impostos nas exportações de minério de ferro entre 2009 e 2015.

A companhia está na mira dos fiscais. O valor sonegado pela empresa é duas vezes maior que o confiscado nas contas da Vale depois da tragédia com barragem em Brumadinho (MG).

A manobra fiscal usou a Suíça como entreposto das empresas. A mineradora embarca minério de ferro para China e Japão, os maiores consumidores do produto, com um preço abaixo do mercado para o escritório que a própria Vale abriu na Suíça em 2006, em Saint-Prex.

O escritório suíço revende a mercadoria com o valor correto aos asiáticos. Vale constar que os navios não entram na Suíça, pois este país europeu nem mesmo tem contato com o mar.

Declara um valor menor, a Vale paga menos impostos no Brasil e economiza no mínimo, US$ 6,2 bilhões, aproximadamente R$ 23 bilhões, de acordo com o IJF. O valor se refere apenas ao Imposto de Renda e à CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido).

Brumadinho

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) quer que a Vale seja obrigada a garantir o valor mínimo de R$ 50 bilhões para reparação ambiental na região de Brumadinho, em Minas Gerais, atingida pelo rompimento de uma barragem de rejeitos no dia 25 de janeiro deste ano.