24 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Governo Bolsonaro celebra Musk ter comprado o Twitter

Presidente, filhos e até mesmo o gpverno já tiveram mensagem deletadas ou marcadas como fake news

Para a alegria do Governo Bolsonaro e da direita, de forma geral, a compra do Twiiter pelo empresário Elon Musk foi festejada.

Há pouco, o ministro das Comunicações do Brasil, Fabio Faria, usou seu perfil no Twitter para dar os parabéns ao homem mais rico do mundo. Estima-se que o valor total da operação seja de US$ 44 bilhões (cerca de R$ 214 bilhões).

“Congratulations, @elonmusk! Mais uma vez você está a dois passos na frente dos outros players e agora faz um gesto ao mundo e em defesa da liberdade”

Mais cedo, o próprio presidente Jair Bolsonaro e seu filho 03, o deputado Eduardo Bolsonaro, reproduziram uma mensagem postada por Musk:

“Espero que até meus piores críticos permaneçam no Twitter, porque é isso que significa liberdade de expressão” (“I hope that even my worst critics remain on Twitter, because that is what free speech means”).

Tanto o presidente quanto seu filho Eduardo, entre outras figuras do governo, já tiveram mensagens apagadas ou marcadas com avisos pelas políticas de controle do Twitter.

Em missão internacional nos Estados Unidos, em novembro de 2021, Fábio Faria chegou a postar um vídeo ao lado de Elon Musk. Nele, Faria defendeu uma parceria com a SpaceX para a conexão de escolas em áreas rurais por meio de sua constelação de satélites.