22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Motorista invade protesto, atira e fere trabalhadores rurais na Avenida da Paz

Mais de mil trabalhadores estão acampados na Praça Sinumbu, sem previsão de deixar o local

Um protesto realizado por trabalhadores rurais quase terminou em tragédia, na noite desta terça (1º), na Avenida da Paz, em Maceió. Isso porque um homem, revoltado com o trânsito parado no local, furou o bloqueio em uma caminhonete branca e disparou contra a multidão. Ele feriu ao menos duas pessoas.

Uma das vítimas precisou ser hospitalizada, enquanto a outra foi atingida de raspão pela bala e este permaneceu no local, segundo o portal Acta.

A situação de perigo, no entanto, não acabou, pois pouco depois outro homem, em outro veículo, também tentou ultrapassar o protestos. Ele foi impedido por manifestantes, ameaçados pelo motorista, que teria dito “se amassarem o carro, vou meter bala”.

Os relatos são da representante da Frente Nacional de Luta Campos e Cidade (FNL), Djanir Fernandes. A Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) está no local.

Protestos

Manifestantes interditaram os dois sentidos de um trecho da Avenida na Paz, próximo ao Museu Théo Brandão. Eles defendem a Reforma Agrária e Urbana, além de cobrar do governador de Alagoas, Renan Filho, uma resolução favorável quanto às Terras da Massa falida do grupo João Lyra.

O grupo chegou Maceió no último domingo. Mais de mil trabalhadores estão acampados na Praça Sinimbu, sem previsão de deixar o local.

Participaram do protesto integrantes de cinco movimentos sociais, sendo eles: Frente Nacional de Luta (FNL), Terra Livre, Movimento de Luta pela Terra (MLT), Liga dos Camponeses Pobres e o Movimento Terra Trabalho e Liberdade (MTL), de diversos município de Alagoas.