25 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

No dia em que Brasil supera marca de 150 mil mortos, Bolsonaro fala em ‘gripezinha’

Brasil é o segundo no mundo com mais vítimas, atrás apenas dos Estados Unidos (213.954).

Neste sábado, 10 de outubro, o número de mortos deixados pela Covid-19 no Brasil superou 150 mil pessoas. Já são apenas sete meses e meio desde o primeiro caso no país e, do jeito que a condução da pandemia vem sendo feita, os números desastrosos não têm hora para arrefecer.

O presidente Jair Bolsonaro, no mesmo dia desta marca, disse a uma apoiadora, em suas redes sociais, que ela não deve se preocupar caso seja contaminada:

“Se pegar um dia, não fique preocupada. A gente evita, né. Estou com 65 anos. Não senti nada. Nem uma gripezinha. Zero. Zero. Nada”. Jair Bolsonaro, presidente.

Jair foi além e pediu para ela retirar a máscara… Ele afirmou que ela não deveria se preocupar. “Não tive covid e nem vou ter”, afirmou ela logo em seguida.

Pandemia

Com as 331 mortes registradas desde as 20h de ontem, o país contabiliza, até as 14h12 de sábado (10) 150.023 mortos pela covid-19, sendo o segundo no mundo com mais vítimas, atrás apenas dos Estados Unidos (213.954).

Os dados são do balanço da Universidade Johns Hopkins.Já o número de casos foi a 5.073.483, com 16.293 diagnósticos positivos confirmados desde as 20h de ontem. Só os EUA (7,6 milhões) e a Índia (6,9 milhões) têm mais infectados que o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.