26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Quarta: Sindpol fará novo ato público na Alagoas Previdência

Manifestação quer o cumprimento do reajuste salarial dos policiais civis da ativa aos aposentados e pensionistas.

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol-AL) fará novo ato público com café da manhã na Alagoas Previdência, nesta quarta-feira (19), às 8h, tendo em vista que os aposentados e pensionistas ainda continuam sem definição sobre o reajuste salarial.

O secretário de Planejamento e Gestão, Fabrício Marques, desmarcou a reunião com o Sindpol, que estava agendada na tarde desta terça-feira(18).

Já na Seplag, o presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, por meio da chefe de gabinete do órgão, conseguiu falar por telefone com o secretário, o qual afirmou que a responsabilidade pelo reajuste salarial dos aposentados na folha de pagamento é do presidente da Alagoas Previdência, Roberto Moisés.

Nazário entrou em contato com o presidente da Alagoas Previdência, que remeteu a questão da implantação do reajuste à Seplag. O gestor da Alagoas Previdência também informou que sobre a com o Procurador-Geral do Estado nesta terça-feira (18), para tratar do direito à paridade dos policiais civis aposentados.

Ricardo Nazário destaca que os policiais civis da ativa têm que comparecer em massa no ato, porque um dia também vão se aposentar. “É preciso garantir o direito. O Sindpol fará manifestação até que se resolva a problemática dos aposentados e das pensionistas”, defendeu.

O presidente do Sindpol ressaltou a importância do cumprimento da lei estadual que estendeu o direito aos aposentados e pensionistas, enfatizando também o acordo firmado com o Governo do Estado na greve de 2016. Moisés agendou uma reunião com o Sindpol para esta quarta-feira (19), às 13 horas, na Alagoas Previdência.

Reajuste aos aposentados

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) realizou nesta manhã de terça (18), também em frente à autarquia Alagoas Previdência, um ato público pelo reajuste salarial dos aposentados e pensionistas.

A manifestação quer o cumprimento do acordo com o Governo do Estado e da Lei Estadual nº 7.971/2018 que estendeu o reajuste salarial dos policiais civis da ativa aos aposentados e pensionistas.

O reajuste salarial da categoria foi implantado no décimo-terceiro salário, mas os aposentados e as pensionistas não foram contemplados com o direito.

O presidente da Alagoas Previdência, Roberto Moisés dos Santos, alega que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) não reconhece a paridade da aposentadoria especial.

A conquista do reajuste salarial foi na greve de 2016.