20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Regina Duarte aceita ser secretária de Cultura e Globo já prepara demissão

Atriz assume após a exoneração de Roberto Alvim, no último dia 17

Encontro do presidente Jair Bolsonaro com a atriz Regina Duarte. Foto: Marcos Corrêa/PR

A atriz Regina Duarte, de 72 anos, será a nova secretária especial de Cultura do governo federal. Após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, na tarde desta quarta-feira (29), ela confirmou a jornalistas ter aceitado o convite para o cargo, que integra o Ministério do Turismo.

“Sim aceitei, só que agora vão ocorrer os trâmites formais antes do casamento”, afirmou ao deixar a sede do Executivo federal, sem dizer a data em que deverá ser nomeada. Ela estava acompanhada da reverenda Jane Silva, que foi nomeada secretária especial adjunta de Cultura.

O presidente Jair Bolsonaro também confirmou o “sim” de Regina, sem dar prazo para que ela assuma as funções.

“Está tudo certo, está caminhando, ela está acertando as questões pessoais dela. Não tem prazo”. Jair Bolsonaro, presidente.

Regina Duarte foi convidada pelo presidente para assumir o cargo de secretária especial da Cultura após a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim, no último dia 17 de janeiro, depois deste usar um discurso literalmente nazista em vídeo oficial do governo.

Rede Globo

O Jornal Nacional divulgou, na noite de hoje, uma nota da TV Globo afirmando que está negociando o fim do contrato com a atriz Regina Duarte após ela aceitar o convite para ser secretária especial de Cultura.

“Globo e Regina Duarte estão negociando o fim da relação contratual em função da decisão da atriz de aceitar o convite e assumir a Secretaria de Cultura”. William Bonner, apresentador na edição da noite.