1 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Tag: Marechal Deodoro

Problema em subestações deixa bairros de Maceió e Marechal sem energia

Problema em subestações deixa bairros de Maceió e Marechal sem energia

Cotidiano
A assessoria de imprensa da Equatorial soltou um comunicado sobre a falha na rede elétrica que deixou vários bairros de Maceió e da cidade de Marechal Deodoro sem energia nesta terça-feira (22). O problema afetou as subestações do Tabuleiro, Pinheiro, Centro, Trapiche e Polo e moradores dos bairros Gruta de Lourdes, Santa Lúcia e Ponta Grossa, e do conjunto Eustáquio Gomes relataram falta de energia. A Equatorial não confirmou, no entanto, se teve relação com a falha na rede elétrica. Confira a nota na íntegra: A Equatorial Energia Alagoas informa que uma falha na rede elétrica afetou o fornecimento das subestações de Tabuleiro, Pinheiro, Centro, Trapiche e Polo, ocasionando a falta de energia em parte de Maceió e de Marechal Deodoro no final da manhã desta terça-feira (22).

Atentado a tiros termina com dois mortos, colisão e cinco feridos em Marechal Deodoro

Alagoas
Na noite desta quarta-feira, um homem matou uma tia e uma sobrinha, além de ferir outra pessoa, em um atentado a tiros no bairro de Taperaguá, em Marechal Deodoro. Logo depois, o veículo que socorria uma das vítimas, bateu em outro carro, em uma colisão que feriu mais cinco pessoas. Os militares da 5ª Companhia Independente (5ªCIA/IND) capturaram os envolvidos nos disparos. Chacina na Rua dos Cajueiros Após receber uma denúncia, a PM foi até o bairro na Rua dos Cajueiros e receberam o relato de que três pessoas foram baleadas e já haviam sido resgatadas. E que os suspeitos fugiram. De acordo com a PM, a guarnição recebeu uma denúncia sobre uma suposta chacina na Rua dos Cajueiros. Ao chegar no local, os agentes descobriram que três pessoas foram baleadas e já haviam sido resgatada

Marechal: MP de Contas pede ressarcimento de R$ 56 mil ao ex-prefeito Cristiano Matheus

Alagoas
O Ministério Público de Contas de Alagoas, por meio da sua 5ª Procuradoria de Contas, protocolou uma representação em desfavor do ex-prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus da Silva e Souza, em razão de possível dano ao erário causado pela incidência de multa processual no valor de R$ 56.220,00, decorrente da inércia do Município em cumprir decisão judicial. A representação do MPC/AL foi julgada e acolhida na sessão da 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AL), realizada na semana passada. O ex-gestor municipal tem 15 dias para apresentar defesa, informações e documentos que entender necessário. O MPC/AL pede a apuração dos fatos visando ao ressarcimento no caso de comprovação do dano ao erário, tendo em vista que ente municipal teria suportado prejuízo na monta

Centro de Triagem para o combate ao Coronavírus é inaugurado nesta segunda, na Massagueira

Alagoas
A Prefeitura de Marechal Deodoro montou mais uma unidade de saúde para reforçar as ações de combate ao Covid-19. De forma provisória, a Escola Municipal Petronila de Gouveia, na Massagueira, foi toda equipada para receber o Centro de Triagem para Síndromes Gripais, que começa a funcionar nesta segunda-feira (25). O novo espaço funcionará de domingo a domingo, das 07h às 19h, recebendo pacientes com sintomas gripais, afim de reforçar os atendimentos da Unidade Básica de Saúde (UPA) Irmã Dulce, na Praia do Francês, e ter maior controle dos casos de Covid-19 no município. O Centro contará com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares administrativos e de farmácia, serviços gerais e segurança. Os pacientes que apresentarem sintomas que configurem Covid-19, como cori

Prefeito de Marechal testa positivo para covid-19 após febre e comprometimento dos pulmões

Alagoas
  Ver essa foto no Instagram   Recebi o resultado do exame, e informo a população que testei positivo para o covid-19. Seguirei em isolamento com os tratamentos médicos necessários. Peço a todos que orem pela minha recuperação e juntos vamos vencer essa pandemia. #FiqueEmCasa Uma publicação compartilhada por Cláudio Filho, Cacau (@claudiofilhocacau) em 13 de Mai, 2020 às 10:14 PDT Claudio Filho, o Cacau, prefeito de Marechal Deodoro, testou positivo para o Covid-19. Ele, que é irmão do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, confirmou o resultado em suas redes sociais. O teste foi feito nesta terça (12), no Lacen. Recebi o resultado do exame, e informo a população que testei positivo par

Covid-19: Governo de AL e 20 prefeituras já implantaram transparência nos gastos

Justiça
Após recomendação feita pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL), o estado e vários município alagoanos começaram a implantar e disponibilizar os seus gastos efetuados no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Até agora, além do Poder Executivo estadual, 20 prefeituras já estão cumprindo o princípio da publicidade, um dos principais e mais importantes no campo da administração pública. Para facilitar o controle social sobre essa aplicação de recursos, o portal do MPAL está disponibilizando, a partir desta segunda-feira (11), uma landing page que dá acesso aos links de cada uma dessas cidades onde está o detalhamento das despesas com bens e serviços. Como 95 dos 102 municípios receberam a recomendação do MPAL para que criem um espaço virtual dando visibilidade a esses gastos,

Coronavírus: Feiras livres estarão suspensas em Arapiraca e Marechal Deodoro

Alagoas, Expresso
Durante uma reunião realizada neste domingo (22), entre o Prefeito de Arapiraca Rogério Teófilo e o Comitê Gestor de Crise, ficou decidido que, a partir desta terça-feira (24), estão suspensas todas as feiras livres de Arapiraca, para evitar a proliferação do coronavírus. A feira livre desta segunda-feira (23) será realizada com encerramento às 15h, mas contará com o acompanhamento de técnicos de secretarias do município. Já em Marechal Deodoro, o prefeito Cláudio Filho Cacau, tomou a mesma medida, mas que já estão valendo nesta segunda-feira (23). Cacau pediu o apoio e compreensão da população deodorense durante essa fase de prevenção .

Matrículas presenciais em nova escola do povoado Massagueira seguem até sexta

Alagoas
A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) prorrogou para até sexta-feira (24) o prazo de matrículas para a nova escola estadual construída no povoado Massagueira, em Marechal Deodoro. Para isso, porém, os pais ou responsáveis devem ir pessoalmente à unidade de ensino, que oferece vagas para o ensino médio. Para garantir a vaga, é preciso que os pais ou responsáveis se dirijam à unidade e entreguem os seguintes documentos: RG e CPF (original e cópia) do responsável legal, no caso de candidato(a) menor de 18 anos; certidão de nascimento (original e cópia); comprovante de residência (original e cópia); histórico escolar (original e cópia) ou declaração de conclusão/transferência (original e cópia) da última unidade de ensino em que estudou, emitida num prazo máximo de 30
Justiça condena acusado de jogar ácido na ex-companheira e na ex-cunhada

Justiça condena acusado de jogar ácido na ex-companheira e na ex-cunhada

Justiça
O réu José Gilbenes dos Santos Galvão foi condenado a seis anos e oito meses de reclusão por haver jogado ácido na ex-companheira, em fevereiro deste ano, no município de Marechal Deodoro. Ele também deverá cumprir um ano de detenção por haver atacado a irmã da vítima com o mesmo produto. A sentença, proferida nesta quarta-feira (20), é do juiz Allysson Amorim, da 1ª Vara da Comarca. “O réu cometeu o crime de forma premeditada, tanto é que providenciou antecipadamente a obtenção da substância corrosiva para atingir a integridade física das vítimas”, afirmou o magistrado. O crime ocorreu quando as mulheres estavam em uma loja de roupas. De acordo com a ex-companheira de José Gilbenes, ele apareceu no estabelecimento com uma garrafa na mão. O acusado teria pedido para conversar, mas el
Marechal Deodoro: Prefeito Cacau é alvo de ação de improbidade administrativa

Marechal Deodoro: Prefeito Cacau é alvo de ação de improbidade administrativa

Justiça
Cacau Filho, o prefeito de Marechal Deodoro, é acusado de improbidade administrativa, em processo que tramita na 1ª Vara Cível e Criminal de Marechal Deodoro. A ação popular é movida pelo analista judiciário Dêvis Klinger da Silva Menezes. De acordo com as acusações, o prefeito teria cedido servidores comissionados e contratados pela Prefeitura de Marechal Deodoro para o Poder Judiciário. Isso é ilegal. Além disso, eles ainda estariam atuando em outras ações nas quais o prefeito é réu. A acusação tem 15 dias para provar ao juiz Allysson Jorge Lima de Amorim, com apresentação de documentação pessoal e demais documentos. A ação entregue ao Ministério Público não está embasada em documentos que comprovem as supostas irregularidades. Outro lado A Prefeitura de Marechal Deodoro