18 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Vídeo: PM reformado agride e ameaça de prisão jovem que o pediu para colocar máscara em União

Ele estava revoltado com as barreiras de isolamento, dizendo que o decreto é inconstitucional e viola o direito de ir e vir

vídeo do site BR104

O policial militar reformado Élcio Sarmento, em União dos Palmares, na Zona da Mata de Alagoas, agrediu um jovem e ameaçou de prisão na tarde desta quinta-feira (7).

Revoltado contra regras do novo decreto em Alagoas, mais rigorosas em favor do isolamento social contra o novo coronavírus, o PM foi flagrado criticando as barreiras impostas pela Prefeitura.

Segundo ele, o decreto é inconstitucional e violaria o direito de ir e vir. Alterado, ele agrediu então um jovem que estava de máscara, após este pedir que ele fizesse o mesmo.

Quando ouviu que a recomendação era sair de casa, o PM disse que o rapaz estava errado e o ameaçou de prisão, dizendo ser autoridade, da polícia.

“Se você desrespeitar, lhe prendo agora, dou voz de prisão em você. Você tem que conhecer a lei. A máscara é opcional, usa quem quer. Ela está aqui, eu uso se eu quiser”. Élcio Sarmento, policial militar reformado.

A confusão prosseguiu até o ponto de Élcio Sarmento acertar um soco no rapaz, que caiu no chão e foi agredido com chutes e socos.

O caso já foi reportado para o Comando-Geral e à Corregedoria da Polícia Militar, segundo o 2º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela região de União dos Palmares.

Ministério Público

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL) instaurou uma notícia de fato (um tipo de procedimento preparatório) para apurar a conduta do policial militar reformado.

A 3ª Promotoria de Justiça do município já pediu instauração de inquérito à Polícia Civil. Além disso, o MPAL e a delegacia da cidade aguardam que a vítima agredida por esse militar oficialize a denúncia para que o PM também possa ser responsabilizado por lesão corporal.

Por se tratar de um militar da reserva, a promotora de justiça Jheise Gama requereu ainda que a Corregedoria da Polícia Militar instaure uma sindicância interna para apurar a conduta do agressor, uma vez que ele praticou atos de violência contra uma pessoa que apenas cobrou dele o uso da máscara.

Decreto

Em Alagoas, estado com um crescente número de casos e mortos pela covid-19, foi renovado um decreto nesta semana. Agora, o uso de máscaras é obrigatório e atividades recreativas estão proibidas. As pessoas podem apenas circular para ir a hospitais, farmácias ou para comprar alimentos. Veja mais detalhes do decreto clicando aqui.

One Comment

  • Avatar Milton inu

    Esse militar deveria ser o primeiro a cumprir as leis, entao se ele e contra as leis,deveria ser expulso da corporacao e ter uma cadeia nele,pois todos somos iguais pela constituicao e devemos cumprir as leis,ninguem e melhor que ninguem

Comments are closed.