15 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 6 de março de 2021

INSS deve pagar em abril a primeira parcela do 13º dos aposentados

INSS deve pagar em abril a primeira parcela do 13º dos aposentados

Brasil
Os pensionistas e aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão receber o 13º salário antecipado, devido ao recudescimento da pandemia do coronavírus. Mas, segundo o ministro da Economia, a liberação será programa após o Congresso votar a liberação do Orçamento  da União. Com isso, a expectativa é que a partir de abril o governo autorize o pagamento do décimo dos aposentados, assim como foi feito em 2020 pela mesma razão Há uma expectativa das entidades dos aposentados de que a primeira parcela possa ser paga até o dia 8 de abril, dentro do calendário padrão de pagamentos do INSS. De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados (Sindnapi), João Inocentini, aproximadamente 30 milhões de pessoas serão beneficiadas com a antecipação. “
Bolsonaristas fazem protesto em Curitiba: ‘Não queremos vacina, nós temos cloroquina’

Bolsonaristas fazem protesto em Curitiba: ‘Não queremos vacina, nós temos cloroquina’

Política
Um grupo de bolsonaristas saiu às ruas de Curitiba (PR), nesta sexta-feira, 5,  para protestar contra as medidas de restrição e isolamento social, bem como para pregar contra a ciência, encampando um discurso antivacina e negacionista espelhado na postura do presidente Jair Bolsonaro. Com bandeiras do Brasil, os manifestantes ergueram uma mesma placa que já havia sido exibida em ato parecido na cidade em setembro do ano passado: “Não queremos vacina. Nós temos a cloroquina!”, dizia um dos cartazes. Os registros, tanto do ato desta sexta-feira como de setembro, foram feitos pelo fotojornalista Eduardo Matysiak,  que acompanhou a cena política e social de Curitiba. Conforme demonstrado em inúmeros estudos científicos, a cloroquina, substância defendida pelos manifestantes, nã
Frente Nacional de Prefeitos anuncia consórcio para comprar vacinas

Frente Nacional de Prefeitos anuncia consórcio para comprar vacinas

Brasil
O presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette (PSB), afirmou nesta sexta-feira (5) que a razão de a entidade estar constituindo um consórcio público para a compra de vacinas contra a covid-19 é o discurso “controverso” no governo federal que não dá segurança a gestores municipais de que haverá imunizantes na quantidade de que o País precisa. Um total de 1.703 municípios, dentre os quais 23 capitais estaduais, formalizou interesse em participar do mecanismo, que será constituído oficialmente em 22 de março. Segundo a Frente, o grupo de cidades interessadas soma mais de 125 milhões de habitantes, o que corresponde a cerca de 60% da população brasileira. A FNP formulou uma minuta de projeto de lei (PL) que cada prefeitura poderá baixar no site da entidade e env
Covid-19: ‘Vamos trancar a cidade’, diz assustado o prefeito de Belo Horizonte

Covid-19: ‘Vamos trancar a cidade’, diz assustado o prefeito de Belo Horizonte

Brasil
Foi durante uma coletiva de imprensa em Belo Horizonte que o prefeito Alexandre Kalil (PSD) declarou, nesta sexta-feira, 5, um novo fechamento das atividades essenciais na capital mineira. “Vamos trancar a cidade”. Disse ele, acrescentando que é uma questão de responsabilidade e dos números crescentes da pandemia registrados no estado e na cidade. Kalil pediu desculpas ao comércio, ao trabalhador, "mas não temos tempo e não vou esperar segunda-feira”. Ele destacou que as decisões são baseadas em dados técnicos analisados pelo Comitê de Enfrentamento à Pandemia de Covid-19 e que a alta foi de 7% nos números referentes à ocupação de leitos. "São números assustadores. Eu fui tomado por um otimismo enganoso e perigoso. Voltamos à estaca zero", lamentou.  De acordo com a prefeit
Lotado, Hospital de Santana do Ipanema diz que não consegue mais atender pacientes de Covid

Lotado, Hospital de Santana do Ipanema diz que não consegue mais atender pacientes de Covid

Alagoas
O Hospital Regional de Santana do Ipanema, no sertão alagoano, esta entrando em colapso devido ao crescente número de casos de Covid-19 que tem atendido. Nesta sexta-feira, 5, o hospital atingiu pela segunda vez este ano a lotação máxima dos leitos destinados para as vítimas da doença. O Hospital Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo é uma unidade de saúde pública administrada pelo Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão (InSaúde). Ao esgotar a capacidade de lotação para a Covid, a direção do hospital emitiu nota e divulgou nas redes sociais que está prestando toda a assistência necessária aos pacientes já internados, mas que não vai poder atender outros pacientes positivados com o virus. Com isso, as vítimas de Covid de Santana do Ipanema serão enviadas a outros municípios. &n