15 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade

Dia: 19 de março de 2021

Governo envia à ALE projeto de lei que autoriza compra direta de vacinas contra a Covid-19

Governo envia à ALE projeto de lei que autoriza compra direta de vacinas contra a Covid-19

Alagoas
O governador Renan Filho encaminhou à Assembleia Legislativa Estadual (ALE), nesta sexta-feira (19), um projeto de lei que autoriza o Governo de Alagoas a comprar diretamente vacinas contra a Covid-19. O projeto foi entregue nas mãos do presidente da ALE, deputado estadual Marcelo Victor, no Palácio República dos Palmares. Renan Filho afirmou que o projeto foi encaminhado em regime de urgência, para que o Estado possa agilizar o processo de vacinação em Alagoas. “Queria pedir aos deputados que, se vocês votarem o projeto já no início da próxima semana, quem sabe na terça-feira o Estado já estará autorizado a assinar contrato para, assim, a gente seguir fortalecendo o Plano Nacional de Imunização e também o Plano Estadual de Imunização”. Renan Filho. No encontro, o governador a
Alagoas chega a 1.163 leitos exclusivos para Covid-19; 366 deles são de UTI

Alagoas chega a 1.163 leitos exclusivos para Covid-19; 366 deles são de UTI

Alagoas
Em busca de garantir os melhores cuidados para os alagoanos que foram infectados pelo novo coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) não mediu esforços em abrir leitos exclusivos para o tratamento da doença. Em um ano de pandemia, a Sesau disponibiliza 1.163 leitos na Rede Pública para atender aos usuários que precisam do Sistema Único de Saúde (SUS), tanto na capital como no interior do Estado. Desse total, 366 vagas são em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para tratar os casos mais graves de pacientes com a Covid-19. A ampliação mais recente de leitos de UTI em Alagoas aconteceu com a abertura de 35 novas vagas em Maceió e em Arapiraca, na última quinta-feira (18). Foram ampliados 10 leitos de UTI no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), mais 11 no Hospital
Governo diz ter fechadp contratos com Pfizer e Janssen para 138 milhões de doses

Governo diz ter fechadp contratos com Pfizer e Janssen para 138 milhões de doses

Brasil
O governo federal assinou hoje contratos com a Pfizer e a Janssen para a compra de 138 milhões de doses de vacina contra a covid-19. Serão 100 milhões da Pfizer e 38 milhões da Janssen, a maioria com entrega prevista para o segundo semestre de 2021. A vacina da Janssen, de dose única, ainda não tem autorização para uso emergencial no Brasil, mas recebeu, em 18 de janeiro, um certificado da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de selo de boas práticas na fabricação. Já a vacina da Pfizer é a única no Brasil que tem aprovação da Anvisa para uso definitivo. No início da semana, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, havia anunciado que o governo estava prestes a fechar os acordos de compra. Veja o cronograma previsto de entrega das vacinas da Pfizer, divulgad

O melhor remédio é vacinar em massa. E trocar de presidente

Blog, Wagner Melo
Sentado no sofá (mentira, estava deitado) para ver o noticiário, me deparo com reportagens em emissoras distintas, mostrando algo que vem crescendo juntamente com a infecção por Covid-19: a fome. Pessoas enfrentam filas por uma quentinha, para muitos, a única refeição do dia. Entre aquelas pessoas havia um homem vibrando após pegar uma quentinha com feijoada que iria dividir com a mulher e dois filhos. Outro senhor, já aposentado, iria passar fome se um vizinho não tivesse dado carona a ele, pois não havia transporte. A causa desse surto de fome não é apenas o desemprego. A carestia tem feito as compras das famílias dos brasileiros diminuírem. Carne, arroz e óleo de soja são alguns dos itens que estão pela hora da morte. Muita gente já não faz as três refeições diárias porque o bo
PF prende hacker suspeito do maior vazamento de dados do Brasil

PF prende hacker suspeito do maior vazamento de dados do Brasil

Policia
O homem suspeito de ser o responsável pelo maior vazamento de dados do Brasil foi preso nesta sexta-feira (19), em Uberlândia, em Minas Gerais, durante a Operação Deepwater, da Polícia Federal (PF). A ação investiga a obtenção, divulgação e comercialização de dados de brasileiros, inclusive de diversas autoridades. As investigações apuraram que, em janeiro último, por meio da internet, inúmeros dados sigilosos de pessoas físicas e jurídicas - tais como Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e Cadastro de Pessoas Jurídicas  (CNPJ), nome completo e endereço - foram ilicitamente disponibilizados. As informações poderiam ser adquiridas por meio do pagamento em criptomoedas. O megavazamento de dados foi revelado pelo Dfndr Lab, laboratório especializado em segurança digital da startup PSaf
Bolsonaro veta lei que dá a estudantes acesso gratuito à internet

Bolsonaro veta lei que dá a estudantes acesso gratuito à internet

Brasil
O presidente Jair Bolsonaro vetou, integralmente, o Projeto de Lei nº 3.477/20, que prevê o acesso à internet, com fins educacionais, a alunos e professores da rede pública de educação. O texto, aprovado em fevereiro pelo Congresso, define que o governo federal destine recursos para estados e municípios aplicarem em ações que garantam internet gratuita, em razão da adoção do ensino remoto durante a pandemia de covid-19. Em mensagem aos parlamentares, publicada hoje (19) no Diário Oficial da União, Bolsonaro diz que a medida é inconstitucional e contraria o interesse público ao aumentar a “alta rigidez do Orçamento, o que dificulta o cumprimento da meta fiscal e da Regra de Ouro”. Além disso, contraria a Lei de Responsabilidade Fiscal, pois o texto não apresenta a estimativa do re
Felipe Neto lança o vídeo ‘Bolso Família’, focado no enriquecimento ilícito da família do presidente

Felipe Neto lança o vídeo ‘Bolso Família’, focado no enriquecimento ilícito da família do presidente

Brasil, Vídeos
Depois de consegui que a Justiça suspendessea investigação promovida por Carlos Bolsonaro por ter chamado o presidente de genocida, o youtuber Felipe Neto publicou um vídeo satirizando os escândalos da família Bolsonaro. Nele, é promovido o chamado "Bolso Família". "Já são cerca de 6 pessoas beneficiadas, com toda proteção da máquina do Estado. Enquanto as famílias do Brasil ficam sem auxílio, sem emprego e sem vacina, os beneficiários do Bolso Família já contam com: rachadinhas do salário de funcionários fantasma, 89 mil parcelados na conta da esposa, milhões em dinheiro vivo não declarado, dezenas de imóveis suspeitos e mansão própria de seis milhões de reais". Trecho da narração do vídeo.
Bolsonaro vai ao STF para suspender decretos estaduais de distanciamento

Bolsonaro vai ao STF para suspender decretos estaduais de distanciamento

Política
O presidente Jair Bolsonaro pediu ao STF  que sejam suspensos os decretos com restrições por conta da pandemia no Distrito Federal, na Bahia e no Rio Grande do Sul. Bolsonaro já anunciou que entraria com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) ontem (18) durante a live semanal. "Entramos com ação direta de inconstitucionalidade junto ao STF buscando conter esses abusos. Entre eles, o mais importante é que nossa ação foi contra o decreto de três governadores. No decreto, inclusive, o cara bota toque de recolher. Isso é estado de sítio, que só uma pessoa pode decretar: eu". Jair Bolsonaro, presidente. O governo pede que o Supremo determine que o fechamento de atividades não essenciais durante a pandemia só pode ter por base uma lei aprovada pelo Legislativo, e não decretos d
Brasileiros estão com medo: Segundo data folha, 82% temem ser infectados com Covid-19

Brasileiros estão com medo: Segundo data folha, 82% temem ser infectados com Covid-19

Brasil
Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quinta-feira (18) aponta que 79% dos brasileiros acham que a pandemia está fora do controle e 82% têm medo (muito ou um pouco) de ser infectado pelo coronavírus. O instituto perguntou ao entrevistado se a pandemia do coronavírus está controlada ou não. As respostas: Fora de controle: 79% Em parte controlada: 18% Totalmente controlada: 2% Não sabe: 1% Na pesquisa anterior, realizada em janeiro, 62% dos brasileiros disseram que a pandemia estava sem controle; 33% falaram que a situação estava controlada parcialmente; 3% entenderam que estava totalmente controlada; e 2% não souberam responder. O levantamento também mostra o medo do brasileiro em ser contaminado: Muito medo: 55% Um pouco de m
Sem reajustes nem concursos: Ronaldo Medeiros diz que Bolsonaro sancionará uma ‘PEC de maldades’

Sem reajustes nem concursos: Ronaldo Medeiros diz que Bolsonaro sancionará uma ‘PEC de maldades’

Política, Vídeos
'Servidores públicos sem reajuste, Brasil sem concursos públicos', foi assim que o deputado Ronaldo Medeiros reagiu à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição nº 186/2020, a chamada PEC Emergencial, no Congresso Nacional. A mesma que ele chama de 'PEC de maldades'. Opositor do presidente Jair Bolsonaro, Medeiros afirma que a medida vai congelar os salários dos servidores e inviabilizar a realização de concursos públicos. "É a PEC dos sonhos de Bolsonaro. É a ‘PEC da maldade’, já que no Governo Federal o servidor público é odiado e maltratado”. Ronaldo Medeiros, deputado. Ainda de acordo com ele, o governo federal vem 'destruindo os servidores e, consequentemente, o serviço que é prestado à sociedade'. https://www.instagram.com/p/CMkz7_cgMYR/ Novo auxílio O novo bene