29 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Ciro ironiza Moro e Doria cogitarem desistir de presidência e reforça que ‘não cederá’

Candidato do PDT observa essa movimentação de longe, rindo de tudo e de todos.

Em uma mesma manhã, João Doria, governador de São Paulo, e Sergio Moro, ex-juiz e ex-ministro de Bolsonaro, deram sinal de recuos em suas campanhas presidenciais.

O primeiro provocou uma implosão no PSDB ao dizer que prefere tentar a reeleição no governo de São Paulo. O outro foi além, deixou o Podemos e foi para o União Brasil. E fala em ser deputado federal….

Ditos opções da 3º via, Doria e Moro não decolaram. Ciro Gomes também não, mas observa essa movimentação de longe, rindo de tudo e de todos.

Ainda firme na corrida pela Presidência da República, o pré-candidato pelo PDT, não tem números tão bons nas intenções de pesquisas. Na mais recente, PoderData, de ontem, ele aparece com 7%, à frente de Sergio Moro (6%) e João Doria (3%).

Estes seriam os nomes mais fortes da terceira via, candidatos alternativos à Lula e Jair Bolsonaro, que desde o início das pesquisas parecem ter carimbado suas participações no 2º turno. O petista tem 42% e o atual presidente 31%.

Claro, Ciro pode sonhar em receber esta parcela de 9% de votos. Da mesma forma que eles podem ir para Boslonaro ou mesmo para brancos e nulos. A única certeza é a de que a definição será fechada apenas após 2 de abril, data final para inscrição das candidaturas.