28 de novembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Justiça

Julgamento do juiz José Braga Neto é suspenso após pedido de vistas

Desembargadores votavam para manter juiz afastado quando Celyrio Adamastor fez o pedido

O julgamento que iria decidir pela manutenção, ou não, do afastamento do Juiz Braga Neto de suas atividades jurídicas, foi suspenso após pedido de vista feito pelo desembargador Celyrio Adamastor, na manhã desta terça-feira (29).

O desembargador Fernando Tourinho, Corregedor-Geral do TJ/AL, votou pela manutenção do afastamento do juiz de suas atividades e, também, pela abertura de procedimento administrativo.

“Evidenciadas nos autos as condutas perpetradas pelo Juiz de juntamente com seu filho supostamente promover tráfico de influência e eventual extorsão com os apenados do sistema prisional e considerando a existência de elementos concretos da sua possível participação nesse esquema, inclusive delatado pelos demais Juízes que estão a frente da 16ª Vara Criminal da Capital Execuções Penais”. Trecho da decisão.

O inquérito deve investigar a conduta do magistrado quanto às acusações de promoção de tráfico de influência e eventual extorsão com os apenados do sistema prisional alagoano.

Segundo o corregedor, detentos teriam dito em depoimentos que chegaram a ser coagidos a mentir em depoimentos anteriores que afirmavam a participação do juiz em facilitar acesso do filho, o advogado Hugo Braga, a negociações de transferência de presos e progressão de regime, e que este fato seria público e notório dentro do sistema prisional.
Já haviam antecipado votos a favor do afastamento de Braga Neto, e abertura do inquérito administrativo, os desembargadores Domingos de Araújo, Tutmés Airan, Paulo Lima, João Luiz, Carlos Malta, Sebastião Costa e Washington Luiz.
Outro lado

O advogado Luiz Medeiros, que faz a defesa de Braga Neto, afirmou que o juiz não conta com um histórico que responda contra sua conduta e que o mesmo teria perdido sua liberdade e privacidade após as acusações.

A defesa apontou, também, que existem depoimentos de policiais e apenados que apontam o não envolvimento do juiz em tráfico de influência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.