2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Blog

Renan Calheiros diz que parecer de agência contra Braskem é ‘gravíssimo’

Agência de mineração alerta para novos colapsos e acusa erros e imprecisões em relatórios da mineradora

Renan defende imediata instalação da CPI da Braskem

O senador Renan Calheiros (MDB), que requereu a instalação de uma CPI no Senado para investigar o crime da Braskem em Maceió, considerou como “gravíssimo” parecer da Agência Nacional de Mineração (ANM), que acusa relatórios duvidosos da empresa sobre a tragédia alagoana.

De acordo com o senador, o parecer da agência revela “erros, imprecisões e defasagem sobre o estado das 35 cavernas” da Braskem no subsolo maceioense. Calheiros se manifestou pelo X (antigo Twitter).

E o mais grave, segundo ele, é que ANM aponta ainda riscos de novos colapsos, considerando que fortes indícios de movimentos preocupantes dentro das minas próximas a de número 18, que colapsou no Mutange, que é um dos 5 bairros atingidos pelo crime ambiental, que afetou as vidas de 60 mil maceioenses.

Depois de tudo que está sendo verificado, o senador deixa claro que não há razão para ninguém ser contra a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dentro do Senado, para investigar o maior crime ambiental do mundo dentro de área urbana.

Ele sabe de ações de banqueiros contra CPI. Afinal, ações camufladas em minas podem render e muito.