15 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: crime

Barbárie: Garoto de 12 anos confessa ter matado menina de 9 anos em parque de SP

Barbárie: Garoto de 12 anos confessa ter matado menina de 9 anos em parque de SP

Policia
Um garoto de 12 anos confessou ter matado Raíssa Eloá Capareli Dadona, de apenas 9 anos, no último domingo (29). Ela estava com a mãe em uma festa no CEU (Centro de Educação Unificada) Anhanguera, na região de Perus, na zona norte de São Paulo, quando desapareceu. Seu corpo foi encontrado pouco mais de uma hora depois, amarrado a uma árvore no parque, a cerca de 3,5 km de distância do local da festa. Foi o próprio garoto quem disse ter localizado o corpo. E em contradições, deu ao menos três versões diferentes para o ocorrido. De início, afirmou aos policiais que cortou caminho por dentro do parque, quando encontrou o corpo de Raíssa. Mas depois confessou à mãe que matara a garota. No dia seguinte, em novo depoimento à polícia, afirmou que um homem de bicicleta o obrigou a ent
Mais da metade das 66 mil vítimas de estupro, em 2018 no Brasil, têm menos de 13 anos

Mais da metade das 66 mil vítimas de estupro, em 2018 no Brasil, têm menos de 13 anos

Brasil
O 13ª Anuário Brasileiro de Segurança Pública registrou recorde da violência sexual. Foram 66 mil vítimas de estupro no Brasil em 2018, maior índice desde que o estudo começou a ser feito em 2007. A maioria das vítimas (53,8%) foram meninas de até 13 anos. Conforme a estatística, apurada em microdados das secretarias de Segurança Pública de todos os estados e do Distrito Federal, quatro meninas até essa idade são estupradas por hora no país. Ocorrem em média 180 estupros por dia no Brasil, 4,1% acima do verificado em 2017 pelo anuário. De acordo com a pesquisadora do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Cristina Neme, o perfil do agressor é de uma pessoa muito próxima da vítima, muitas vezes seu familiar, como pai, avô e padrasto conforme identificado em outras edições do anuár
Tragédia no Mar: nota da Prefeitura de Maragogi é confissão de culpa

Tragédia no Mar: nota da Prefeitura de Maragogi é confissão de culpa

Blog, Marcelo Firmino
 Uma investigação das autoridades competentes ainda vai detalhar o trágico e fatal acidente do catamarã de Maragogi. Lá morreram duas pessoas e várias outras saíram feridas do meio do mar. O fato remete a uma ação criminosa, sem dúvidas. Mas, o que se estranha nesse caso é exatamente uma nota da Prefeitura da cidade, assinada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Diz textualmente que a embarcação fazia viagens clandestinas, por que não tinha autorização legal para operar no transporte de turistas  nas famosas galés da região. Diz inclusive que os proprietários do Catamarã desrespeitaram até o Ministério Público. No fundo, o que a Prefeitura faz é tentar tirar de sua esfera a responsabilidade no caso. No entanto, se  o proprietário já havia sido notificado e ainda assim co
Primeiro bimestre de 2019 registrou queda de 23% de homicídios no Brasil

Primeiro bimestre de 2019 registrou queda de 23% de homicídios no Brasil

Brasil
Levantamento divulgado hoje (12) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública aponta uma queda de 23% no número de homicídios registrados no país, no primeiro bimestre de 2019. A queda foi registrada nos nove tipos de crimes que compõem as estatísticas oficiais, na comparação com o mesmo período de 2018. De acordo com o MJ, no primeiro bimestre de 2018 foram registradas 8.498 ocorrências de homicídios dolosos, número que caiu para 6.543 em 2019. Já as tentativas de homicídios apresentaram uma redução de 15,1% (6.431 ocorrências para 5.461). No caso do crime de estupro, a queda ficou em 7%, com 7.284 ocorrências neste primeiro bimestre, ante 7.834 casos registrados nos dois primeiros meses do ano passado. Com relação a furto e roubo de veículos, a queda ficou em 10,9% (de 40.527
Caso Bárbara Regina: Acusado de matar estudante vai a júri nesta terça

Caso Bárbara Regina: Acusado de matar estudante vai a júri nesta terça

Justiça
A 8ª Vara Criminal de Maceió leva a júri, na terça-feira (28), Otávio Cardoso da Silva Neto, acusado de matar e ocultar o cadáver da estudante Bárbara Regina, em setembro de 2012. A sessão terá início às 8h e será conduzida pelo titular da unidade, juiz John Silas da Silva, no Fórum da Capital. Segundo a denúncia do Ministério Público de Alagoas, o crime ocorreu após a universitária sair da boate Le Hotel, no bairro Ponta Verde, acompanhada do réu. As imagens da câmera de segurança do local são os últimos registros de Bárbara, que não foi mais vista após deixar o estabelecimento. Ainda de acordo com a acusação, Otávio teria confessado a um amigo que matou a vítima por asfixia e golpes de punhal no peito, mas não revelou onde escondeu o corpo. Em depoimento, o réu negou a autor
A vitória LGBT no STF e as lembranças tristes do Caso Renildo

A vitória LGBT no STF e as lembranças tristes do Caso Renildo

Brasil, Por Elas
O amor venceu o medo e abriu as portas à tolerância, com a manifestação dos seis ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que votaram a favor do enquadramento da homofobia e da transfobia  como crime de racismo. O julgamento foi suspenso, ainda não acabou, mas o resultado pode e deve ser comemorado, uma vez que naquela Casa há 11 ministros. Essa notícia faz muita diferença na vida de muitas famílias alagoanas, cujos filhos e filhas morreram por conta do ódio de pessoas intolerantes. Aqui destacamos o caso emblemático do vereador de Coqueiro Renildo José dos Santos, assassinado, em 1993, com todos os requintes de crueldade que esse tipo de crime revela. À época, esta blogueira era assessora de Comunicação da OAB/Seção de Alagoas, uma das instituições às quais Renildo recorreu p
Brumadinho: Oito funcionários da Vale são presos

Brumadinho: Oito funcionários da Vale são presos

Brasil, Policia
A Polícia Civil de Minas Gerais predeu, na manhã desta sexta (15) oito funcionários da Vale, em uma operação que investiga o rompimento da barragem de Brumadinho (MG). O pedido das prisões foi feito pelo MP-MG (Ministério Público de Minas Gerais).. Todos são diretamente envolvidos na segurança e estabilidade da barragem da empresa, que se rompeu em 25 de janeiro. Até o momento, a tragédia deixou 166 mortos e 147 desaparecidos. Os funcionários ficarão presos temporariamente por 30 dias, de acordo com a decisão do juiz Rodrigo Heleno Chaves, da 2ª Vara da Comarca de Brumadinho. As prisões foram determinadas por haver "razões de autoria ou participação dos investigados na prática de centenas de crimes de homicídio qualificado, considerados hediondo". Eles também poderão ser responsab
Já são 134 mortos: Vale recusou monitoramento em tempo real das barragens

Já são 134 mortos: Vale recusou monitoramento em tempo real das barragens

Brasil
O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e a Defesa Civil do estado atualizaram para 134 o número de mortos, após o rompimento da Barragem 1 da Vale, em Brumadinho (MG). Desse total, 120 já tiveram as identidades confirmadas pelas autoridades. Além disso, 199 pessoas ainda permanecem desaparecidas. Ao todo, 394 foram localizadas. Segundo o porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara, a previsão é de chuva para os próximos dias, mas as condições meteorológicas não deverão representar um obstáculo, uma vez que parte do efetivo ainda está trabalhando no que chamam de área quente, a região mais afetada pelo fluxo de lama e onde há maior chance de vítimas serem encontradas. Ainda de acordo com o tenente, devido ao deslocamento da lama, foi possível encontrar três corpos de vítimas p