29 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Sikêra Jr. pede desculpas após perder patrocinadores e sentir no bolso: ‘me excedi’

Apresentador da RedeTV!, no entanto, segue dizendo não concordar com imagens de crianças ao lado de casais gays

Na noite desta terça (30), após perder milhares de reais em patrocinadores, Sikêra Jr, apresentadora RedeTV resolveu pedir desculpas. Sentindo no bolso, ele reconheceu que “se excedeu”.

Na sexta-feira (25), ele criticou uma propaganda da Burger King, que apresentava casais de gays e lésbicas com filhos. “Raça desgraçada”, disse ele na oportunidade. Isso fez o movimento “Sleeping Gigants Brasil” realiza uma série de mobilizações nas redes sociais questionando empresas que apoiam o programa Alerta Amazonas, que ele apresenta.

Leia mais: CPI prova que Sikêra Jr. recebeu do governo Bolsonaro R$ 120 mil em cachê

Retiraram patrocínios e pontuaram não concordar com os ataques feitos por Sikêra e a omissão da Rede/TV diante dos fatos recorrentes: Hapvida, TIM, MRV, Magazine Luiza, Kicaldo Alimentos e Novo Mundo. As marcas declararam que não patrocinam mais o programa apresentado por Sikêra e nem estabelecem qualquer relação comercial com a Rede/TV.

Sikêra Júnior, no entanto, ressaltou que continua discordando do conteúdo exibido no comercial. “Como pai e avô, não posso me calar quando vejo crianças sendo usadas como peças publicitárias para venderem ideologias. Eles precisam brincar, estudar e serem crianças”.

Recebendo milhares de reais do governo, Sikêra, no entanto, nunca criticou o presidente Jair Bolsonaro por fazer piadas de cunho sexual ao lado de crianças, impor nelas o gesto de arminha na mão ou mesmo tirar a máscara do rosto delas.