16 de maio de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: Arthur Lira

Ser ou não ser é hoje um drama feroz que povoa a cabeça do governador Renan Filho

Ser ou não ser é hoje um drama feroz que povoa a cabeça do governador Renan Filho

Blog, Marcelo Firmino
Uma dúvida feroz povoa os pensamentos do governador Renan Filho (MDB) na atualidade. Este é um ano pré-eleitoral e muita gente já se movimenta no Estado pensando nas eleições do ano que vem. Mas, o governador de Alagoas, em seu segundo mandato, vive o drama do ser ou não ser candidato ao Senado no próximo ano, mesmo na condição de favorito nas pesquisas. Ele pensa e analisa a conjuntura política. A questão passa pela saúde financeira do Estado. Hoje, Alagoas é um dos poucos da Federação que tem suas contas ajustadas e com recursos consideráveis para investimentos. Só de caixa próprio, frutos dos ajustes realizados pelo governo, Alagoas tem em seus cofres quase R$ 3,5 bilhões para investimentos. Sem falar nos R$ 2 bilhões que entraram nos cofres do Estado, frutos do proce
Centrão pressiona pela saída de Guedes; bloco quer Rogério Marinho

Centrão pressiona pela saída de Guedes; bloco quer Rogério Marinho

Blog, Marcelo Firmino
Apegado ao cargo mais do qualquer outro ministro, Paulo Guedes (da Economia) está vivendo seu inferno astral, neste momento em que o Centrão domina a cena política do governo e de dentro do Palácio do Planalto. A seus colegas do mercado financeiro, Paulo Guedes tem se queixado do avanço do bloco político liderado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Guedes chegou a falar para a sua gente que se for impedido de fazer o que "é necessário fazer" no Orçamento da União entregará o cargo. Para ele, o Centrão tem minado os passos e espaços do Ministério da Economia por que pretende tirá-lo do cargo para colocar no lugar seu desafeto, o ministro do Deseonvolvimento, Rogério Marinho. O Centrão é a maior referência do governo Bolsonaro na atualidade e já descobriu que, em
Governo Bolsonaro nas mãos do Centrão que agora quer tirar Paulo Guedes e Salles

Governo Bolsonaro nas mãos do Centrão que agora quer tirar Paulo Guedes e Salles

Blog, Marcelo Firmino
Quando o deputado Artur Lira (PP), presidente da Câmara, decidiu endurecer o jogo para cima de Jair Bolsonaro, ele sabia exatamente o que estava querendo. A barganha funcionou. O Centrão não apenas derrubou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, como ainda tirou da articulação política o general Luiz Eduardo Ramos. O líder do Centrão queria uma pessoa pra chamar de "sua" dentro do Palácio do Planalto. Foi aí que Ramos caiu da Casa Civil e Arthur emplacou sua amiga Flávia Arruda (PL-DF) como a nova ministra do Gabinete Civil. Arruda é esposa do ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, antigo membro do Centrão que chegou a ser preso na Papuda por corrupção. Ela vai despachar na ante sala do gabinete do Presidente da República. Com direito a ouvir t
Centrão rifa Pazuello e quer indicar novo ministro da saúde

Centrão rifa Pazuello e quer indicar novo ministro da saúde

Blog, Marcelo Firmino
Cada vez mais forte dentro do governo, o Centrão agora parte célere para ocupar novos espaços na estrutura do primeiro escalão e seus líderes marcam como certa a ocupação do Ministério da Saúde. A ideia é tirar o general Eduardo Pazuello do cargo, com o argumento de insuficiência de desempenho. Ou melhor, incapacidade mesmo. O líder do Centrão, deputado Arthur Lira (PP-AL), atual presidente da Câmara dos Deputados, e o presidente do PP, senador Ciro Nogueira têm um nome para ser apresentado, mas no bloco ainda não há consenso. Se dependesse apenas de Lira e Ciro, o deputado federal Luiz Teixeira Júnior (PP-RJ), mais conhecido como Doutor Luizinho, assumiria amanhã o ministério. Só que o líder do governo Ricardo Barros (PP-PR) é candidatíssimo ao cargo de ministro. Já disse
Planalto entendeu o recado do Centrão e rifou o bolsonarista Daniel Silveira

Planalto entendeu o recado do Centrão e rifou o bolsonarista Daniel Silveira

Blog, Marcelo Firmino
O resultado da votação na Câmara que manteve preso o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), trouxe uma certeza ao mundo político. O parlamentar foi "rifado" pelo Palácio do Planalto. Como bolsonarista raiz que é, ele talvez tivesse escapado se o comando da Câmara estivesse sob o controle de Rodrigo Maia (DEM-RJ). Por que aí o Centrão poderia estar ao lado dele. Acontece que o Centrão, liderado pelo deputado Arthur Lira, o atual presidente da casa, aproveitou o momento para mandar mais um recado ao Presidente da República. E um recado simples: Olha, nós estamos aqui e agora para o bem e para o mal. Você decide. E aí seu Messias, pensando em tudo, assim como na disputa eleitoral em 2022, preferiu se esconder no Alvorada e fez de conta que sequer conhecia o aliado berra
Na democracria atrofiada os excluídos não balançam o chão da praça

Na democracria atrofiada os excluídos não balançam o chão da praça

Política
Há bem pouco tempo a elite brasileira - desde empresários à classe média conservadora - vivia a condenar o programa Bolsa Família e com uma veemência cruel. Tinha-se como argumento a velha máxima de que "melhor é dar-lhe a vara e o anzol do que o peixe". E mais: Que o bolsa era a esmola para manter vivo os currais eleitorais do País e que o novo governo brasileiro iria acabar com isso, em nome da nova política. Memória recente. Mas, sabe, essa história sumiu, convenientemente. Ninguém acabou com o Bolsa Família e o silêncio se fez dono. O pior é que também não apareceu ninguém para ensinar o homem a pescar. A situação é dramática, com o crescimento da população em situação de miséria no País, que hoje está mais para isca do que anzol. A elite sabe, vê, mas não enxerga
Na Câmara, há quem diga que Arthur Lira não perde nem para um trem desgovernado

Na Câmara, há quem diga que Arthur Lira não perde nem para um trem desgovernado

Blog, Marcelo Firmino
O deputado federal Arthur Lira (PP-AL) é determinado e corre célere para ser o presidente Câmara no fevereiro que vem. Há quem sustente que do jeito que as coisas vão correndo será muito difícil alguém afastá-lo do seu objetivo. Alguns observadores do processo batem na tecla e sustentam: Lira não perde nem para um trem desgovernado. Hoje, quinta-feira, 15, o deputado alagoano fechou o apoio de 180 parlamentares da bancada evangélica. Essa, toda ela, ligada aos apstores Edir Macedo, Valdemiro Santiago, RR Soares e Silas Malafaia. Eles, todos, patrocinadores políticos do principal articulador da candidatura de Arthur Lira, que vem a ser sua excelência, Jair Bolsonaro, sem partido. Patrocinado por Rodrigo Maia, atual presidente da Câmara, o principal adversário de
Na esperteza, Collor já lança o nome de Arthur Lira para governador

Na esperteza, Collor já lança o nome de Arthur Lira para governador

Blog, Marcelo Firmino
Embalado na vitória de JHC, prefeito eleito de Maceió, o senador Fernando Collor partiu para a tradicional esperteza de olho eu seu futuro político. Nas redes sociais, Collor passou a defender o nome do deputado federal Arthur Lira (PP) para governador de Alagoas, em 2022. O senador precisa de que um grupo forte que o apoie para reeleição, considerando que a próxima guerra eleitoral para o Senado oferece apenas uma vaga como troféu ao vencedor. Até lá, há um rio cheio de possibilidades. Começando pelo grupo político do próprio Arthur Lira que tem na deputada estadual Jó Pereira um nome fortíssimo em 2022, seja para a disputa ao Senado ou até mesmo para o governo do Estado. Ao lançar o nome de Lira para o governo, Fernando Collor força a barra, antes da hora, para vê se c
Centrão comandado por Arthur Lira joga duro para influenciar decisões de governo

Centrão comandado por Arthur Lira joga duro para influenciar decisões de governo

Blog, Marcelo Firmino
A luta pelo controle da Comissão Mista de Orçamento (CMO) paralisou a pauta da Câmara dos Deputados, em Brasília. Lá não se vota nada até que se saiba quem vai dominar a comissão. O Centrão, comandado pelo deputado Arthur Lira (PP-AL), quer o controle para mostrar a sua força no colegiado ao governo de Jair Bolsonaro. O bloco tem jogado duro neste sentido. Hoje, os analistas acreditam que é exatamente o Centrão quem tem mais chances de comandar a CMO, exatamente pelos espaços que o grupo criou dentro do governo. Considerando ainda que o Planalto não faz mais nada no Legislativo sem consultar o deputado Arthur Lira, que virou referência maior do Presidente da República. A briga é exatamente para impedir que o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) continue com força dentro
PGR não encontra provas e pede arquivamento de processo contra Arthur Lira

PGR não encontra provas e pede arquivamento de processo contra Arthur Lira

Justiça
Por ausência de qualquer prova, a chefe da Lava Jato na Procuradoria Geral da República, Lindôra Araújo, rechaçou a denúncia contra o deputado Arthur Lira (Progressistas-AL). A procuradora pediu ao STF para rejeitar uma denúncia que ela mesma apresentou em junho. E ainda pede o arquivamento do processo. A acusação se baseava numa suposta corrupção passiva envolvendo uma construtora. Porém a PGR diz que não há qualquer provas da ligação do deputado com a construtora. Lindôra levou em conta, no pedido para arquivar a denúncia, que “não consta da planilha de controle do ‘caixa de propina’ à disposição do Partido Progressista nenhuma informação de que os referidos valores seriam destinados a Arthur Lira”.