20 de novembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Aluno do Senai/AL supera desafios da pandemia e vai à seletiva da WorldSkills

Ygor Felipe, de 20 anos, viaja a Porto Alegre neste domingo para disputar vaga na ocupação Tecnologia de Mídia Impressa.

Ygor embarca para Porto Alegre neste domingo | Assessoria

O competidor do Senai Alagoas Ygor Felipe, de 20 anos, embarca para Porto Alegre/RS neste domingo (22), onde participa da seletiva nacional para a maior competição de educação do mundo, a WorldSkills 2021, que acontecerá em Shanghai, na China. A etapa brasileira tem início nesta segunda (23) e o resultado final será anunciado na sexta-feira (27).

O jovem, que compete na ocupação Tecnologia de Mídia Impressa, viaja acompanhado do treinador, Emerson de Castro. Segundo o instrutor do Senai, Ygor está preparado, após superar os desafios impostos pela pandemia de Covid-19. “As expectativas são as melhores! De conseguir um bom resultado porque, mesmo com as dificuldades em meio à pandemia, estamos focados e preparados para colher os frutos do treinamento”, disse.

As restrições causadas pelo novo coronavírus não desanimaram Ygor, apesar da profissão que ele escolheu sofrer impactos no treinamento, como a impossibilidade de ter acesso ao maquinário para as aulas práticas.

Foram meses em casa nessa situação. “As ocupações de tecnologia foram as menos prejudicadas, pois, bastava ter um computador bom e alguns outros periféricos para continuarem o treinamento. Já na nossa, como são maquinários pesadíssimos, não tinha como o treinamento continuar”, explica.

Quando voltou à escola do Senai, os treinamentos específicos tiveram continuidade em parceria com a Indústria Gráfica Grafmarques. Foi aí que o aluno do Senai Alagoas demonstrou persistência. “Foram mais de sete meses sem treinar em máquina, sem fazer provas, sem ‘estar no ritmo’, mas, em momento nenhum, isso foi motivo para que eu quisesse largar a competição”, ressaltou.

A motivação vem de dentro. “O que eu espero dessa seletiva é sair campeão, realizar meu sonho e o da minha família, que é me ver no pódio, realizar o sonho do meu treinador, que foi a pessoa que mais acreditou que era possível, dar orgulho à delegação de Alagoas e a todo nosso estado que, apesar de pequeno, é bastante forte”, destacou o competidor alagoano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.