28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Blog

Bolsonaro sem tinta na caneta bic para punir o desrespeito de auxiliares

Ou como disse o general Mourão, o que ele diz não se escreve

A cena correu o mundo e expôs ao ridículo o chefe do Estado brasileiro.

Luiz Henrique Mandetta vai deiar o governo, mas por que disse que decidiu fazê-lo. Cansou de ser humilhado.

Poderia, pelos rompantes do Presidente, ter sido exonerado. Mas, faltou tinta na caneta bic de Jair Bolsonaro para demiti-lo.

É que não é pequena a distância entre querer e fazer. Se o presidente, contrariado com o ministro, não o demitiu é por que não deixaram.

E isso significa dizer que ele virou mesmo a dama de companhia da rainha da Inglaterra.

Não foi por outra razão que o general Mourão, vice-presidente da República, praticamente disse que o que Bolsonaro diz não se escreve. Foi exatamente quando externou em entrevista que “temos de olhar mais as ações do que as palavras”.

Ou seja, o cara faz um labafero imenso, mas de concreto nada.

A esvaziada caneta bic não serve mais nem para riscar da equipe o presidente da Embratur. senhor Gilson Machado, que, em meio as histrionices planaltinas, também resolveu fazer a sua, nesse momento de doença e morte.

No domingo passado, via Instagram, promoveu um espetáculo dantesco, desumano.

Que fez o homem?

Pois bem. Postou o vídeo de uma cerimônia fúnebre africana em que os carregadores do caixão vão dançando até o túmulo. Só que trocou o rosto de um dançarino pelo do Presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro, amplamente sorridente. Desrespeitoso, patético, bufão, sem decoro.

E o que fez sua excelência com o Machado? Absolutamente nada.

Devem ter-lhe tirado a bic das mãos..

 

O vídeo. Veja só:

Presidente da Embratur publica vídeo com montagem de @jairbolsonaro carregando caixão. https://glo.bo/3cbre0b