28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Esportes

CRB x CSA terá o maior esquema de policiamento em dois anos

Galo lidera a competição, sendo o único 100% nas três rodadas disputadas, enquanto que o Azulão, recém eliminado na Copa do Brasil, está três pontos atrás do rival

Neste domingo (10) tem Clássico das Multidões, pelo Campeonato Estadual, quando CRB e CSA se enfrentam no Estádio Rei Pelé, às 16h. O Galo lidera a competição, sendo o único 100% nas três rodadas disputadas, enquanto que o Azulão, recém eliminado pelo Mixto-MT na Copa do Brasil, está três pontos atrás do rival.

E como os times são os maiores rivais do estado, com um infeliz histórico de confronto entre torcidas, que as vezes acontece até mesmo dentro do campo, a Polícia Militar já confirmou seu esquema de segurança. E terá o maior número de agentes da PM em atividade, nos últimos dois anos: 646.

De acordo o plano de segurança, serão envolvidos a Rádio Patrulha, o Comando de Policiamento da Capital (CPC), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Cavalaria, Secretaria de Segurança Pública (SSP) e o Batalhão de Policiamento de Rádio Motorizado a(BPRp) com viaturas, motocicletas e aeronaves.

O efetivo policial inicia as atividades às 13h e os portões serão abertos às 14h.

Torcedores

A PM trabalha com a média de público de 15 mil torcedores, sendo 11.800 do CRB, mandante do jogo, 3.200 do CSA. O torcedor regatiano terá entrada pela Avenida Siqueira Campos, enquanto os torcedores do CSA chegam pela parte dos fundos do Rei Pelé.

As torcidas organizadas também terão um esquema detalhado. A concentração dos regatianos acontece na praça Marcílio Dias, no bairro de Jaraguá, enquanto os azulinos na Praça dos Martírios no Centro. Ambos os grupos serão acompanhados até o Estádio pela PM.

As organizadas poderão adentrar ao Rei Pelé com bandeirões, bandeiras pequenas, instrumentos e faixas. Para os demais torcedores, serão proibidas as entradas com materiais como, capacetes, garrafas, bastão de selfie, bandeira com mastro, sinalizador, apontador laser, guarda chuva, papel picado, papel higiênico e animais.

Crianças  e adolescentes de 02 a 16 anos, apenas  acompanhados dos pais e com documentos. Adolescentes de 16 e 17 anos, com documentos.

Os portões serão fechados às 16h45, próximo do intervalo e ao final do jogo, a torcida o CRB sairá primeiro e os torcedores azulinos, 30 ou 40 minutos depois, a depender da decisão do comando de policiamento da partida.

Com o mando de campo sendo regatiano, a torcida do Galo terá direito a 70% dos ingressos. E a diretoria alvirrubra definiu os seguintes preços nos ingressos:

  • arquibancadas altas R$ R$ 60,00 (R$ 30,00 meia-entrada);
  • arquibancadas baixas R$ 40,00 (R$ 20,00 meia-entrada);
  • cadeiras R$ 120,00 (R$ 60,00 meia-entrada).

Os ingressos para o Clássico das Multidões já estão a venda e podem ser encontrados nos seguintes pontos de venda:

Torcida do CRB

  • Poly Sport (Centro e Maceió Shopping)
  • Arena das Torcidas (Jatiúca)
  • Kiosk Sports (Shopping Pátio)
  • Via Esportiva (Via Expressa)
  • Estande do Galo (Shopping Maceió).
  • Bar do Carlão (Trapiche).

Torcida do CSA

  • Poly Sport (Centro e Maceió Shopping)
  • Via Esportiva (Via Expressa)
  • Loja Oficial do CSA

TJ-AL e adoção

Antes da partida, trinta e uma crianças que vivem em abrigos da Capital darão uma volta olímpica no campo segurando faixa da campanha Adoção e Padrinhamento do Tribunal de Justiça de Alagoas. Depois, elas posarão para fotos com os dois times, para divulgar a campanha nos jogos e nas redes sociais.

As crianças e adolescentes, com idades entre 10 e 17 anos, assistirão à partida acompanhados da juíza Fátima Pirauá, que está à frente da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude de Alagoas (CEIJ) e é titular da 28ª Vara Cível de Maceió, encarregada dos processos de adoção na Capital.

“Esse apoio dos times é importante para levarmos as mensagens das crianças e adolescentes que estão com uma idade superior àquela que os adotantes preferem. Eles querem ser adotados e têm direito a uma família”, Fátima Pirauá, juíza titular da 28ª Vara Cível de Maceió.