7 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Decreto é mantido e bares e restaurantes continuarão sem apresentação ao vivo em Alagoas

Apesar da confirmação por parte dos músicos sobre a decisão, ainda não houve um comunicado oficial do governo do estado

Após um grupo de músicos se reunir com o Secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias, para a retirada da proibição de música ao vivo nos bares e restaurantes por um período de 15 dias em Alagoas, o governo decidiu manter este trecho no decreto.

O governo do estado manteve a decisão de suspensão das apresentações artísticas nos bares e restaurante em Maceió devido ao aumento dos casos de Covid-19 na cidade. A posição do governo foi confirmada pela cantora Gabi Leite.

“Nós, como comissão, estamos indignados com essa decisão. Fizemos tudo o que a gente podia. Estamos exaustos porque vimos que a nossa luta não obteve o resultado desejado. Sabemos que muitos estão passando por muitas dificuldades neste momento. Foi tirado de nós o direito de trabalhar nas duas últimas semanas onde mais trabalhamos e conseguimos arrecadar um pouco mais de dinheiro para a gente fazer a nossa reserva no final do ano, pagar as nossas contas. Foi muito injusta essa decisão”. Gabi Leite, cantora.

Os músicos chegaram a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e foram informados de que o documento seria apresentado pelo secretário Fabio Farias ao governador Renan Filho (MDB) e ao secretário da Saúde Alexandre Ayres.

A cantora informou ainda que a medida somente será reavaliada após o dia 01 de janeiro de 2021, quando o governo fará uma nova análise do avanço da doença.

Apesar da confirmação por parte dos músicos sobre a decisão, ainda não houve um comunicado oficial do governo do estado.

Decreto

O governador Renan Filho determinou em novo decreto, publicado no Diário Oficial do Estado nesta véspera de Natal (24), que bares e restaurantes fechem à meia-note. E também está proibida execução de todo tipo de música ao vivo.

A medida, que deve permanecer por pelo menos 15 dias, acontece por causa do aumento de casos da Covid-19 em todo o estado. Com isso, bares e restaurantes podem funcionar diariamente entre as 6horas da manhã até as 0 horas do dia subsequente.

Já serviços de organização de eventos, reuniões, celebrações e comemorações podem funcionar até as 3 horas da manhã do dia seguinte, desde que estejam previamente autorizados pelo Poder Público e cumpram todas as medidas do Protocolo Sanitário.