29 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Vídeo: Morador mostra ruas cedendo no Pinheiro

Morador, que mostrou crateras sendo abertas em ruas e calçadas

Os representantes do Governo Federal, do Governo do Estado e da Prefeitura de Maceió se reuniram nesta quarta-feira em um encontro técnico com uma comissão de moradores do Pinheiro para detalhar e esclarecer as causas do fenômeno causador de fissuras em vias públicas e imóveis.

Cerca de 500 imóveis estão na área vermelha de risco e metade dos moradores que residem nessa região já foi retirada, segundo informou a Defesa Civil Municipal. Isto representa 50% das pessoas que residem no bairro, retiradas.

Nesta manhã, o Ministério Público Federal Liberou uma nota sobre a situação no bairro, que está afundando. Nos últimos dias, principalmente nas redes sociais, mensagens de áudio e texto estariam intensificando a gravidade da situação no bairro de Maceió.

Mas lidando ou não com fake news, as evidências assustam mesmo os moradores locais. Seja com o vazamento d’água na manhã desta terça (15), apartamentos com piso afundando, ou imagens como a do morador, que mostrou crateras sendo abertas em ruas e calçadas.

Nesta quarta, o balanço da reunião foi preocupante, como resumiu Jorge Pimentel da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM):

“Dos 1638 municípios que já sondamos no Brasil, nunca vimos nada parecido com o que estamos trabalhando no Pinheiro. Nenhuma cidade apresentou a complexidade encontrada em Maceió”.