21 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade

Dia: 2 de novembro de 2023

Eleição Presidencial: um ano depois

Eleição Presidencial: um ano depois

Expresso, Opinião
Por Caio Bruno* Às 19h56 do dia 30/10/2022, um domingo, com 98,91% das urnas apuradas o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) proclamou matematicamente a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa à Presidência da República. No total, o petista conquistou seu terceiro mandato com 50,90% (60.345.999 votos) contra 49,10% (58.206.354 votos) do então presidente Jair Bolsonaro (PL) que foi o primeiro titular do cargo a não conseguir a reeleição. Encerrava-se então a disputa mais acirrada de nossa história. Se encerrava mesmo? Sim e não. Alimentados com teorias conspiradoras sobre o processo eleitoral durante os 4 anos de seu governo, assim que os resultados foram proclamados os apoiadores de Jair Bolsonaro saíram as ruas não aceitando a derrota do ex-militar. Em um primeiro momento,
Dantas envia à Assembleia projeto que isenta de IPVA carros elétricos e híbridos em Alagoas

Dantas envia à Assembleia projeto que isenta de IPVA carros elétricos e híbridos em Alagoas

Alagoas
Um marco significativo para o desenvolvimento sustentável e econômico de Alagoas. Foi assim que o governador Paulo Dantas assinou nesta quarta-feira (01), no Palácio República dos Palmares, o Projeto de Lei que propõe a isenção do IPVA para carros elétricos e híbridos no estado. A iniciativa faz parte da chamada "Transição Energética" em Alagoas, que busca impulsionar a adoção de veículos mais limpos e sustentáveis. De acordo com o PL, encaminhado para a Assembleia Legislativa, a isenção do IPVA para carros elétricos será concedida no primeiro ano para veículos novos, e nos anos subsequentes, os proprietários terão uma alíquota menor e diferenciada em comparação com os veículos movidos por outros combustíveis. Isso representa um incentivo importante para a aquisição de veículos
Governador anuncia repasse de R$ 220 mil e garante festival do bumba meu boi

Governador anuncia repasse de R$ 220 mil e garante festival do bumba meu boi

Alagoas
O governador Paulo Dantas garantiu, nesta quarta-feira (1), o repasse de R$ 220 mil para a realização do 30° Festival do Bumba Meu Boi. A medida evita que o evento, realizado todos os anos, seja cancelado em 2023, prejudicando cerca de 4,5 mil pessoas. O anúncio foi feito em uma reunião com os representantes da Liga do Bumba Meu Boi, que estiveram no Palácio República dos Palmares para solicitar o apoio do Governo de Alagoas. Eles justificaram o pedido explicando que ficaram sem o repasse de R$ 250 mil da Prefeitura de Maceió, que alegou falta de recursos. Além da garantia dos R$ 220 mil, destinados para a construção da estrutura física do festival, Paulo também se propôs a discutir o outro pleito do grupo, que é a construção de um museu do bumba meu boi. O governador di
Governo investe R$ 16 milhões no pagamento do Cartão Escola 10

Governo investe R$ 16 milhões no pagamento do Cartão Escola 10

Alagoas
O Governo de Alagoas investiu mais de R$ 16 milhões no pagamento do benefício do Cartão Escola 10, programa de combate à evasão escolar que vem transformando vidas por meio da educação. Os valores foram repassados na terça-feira (31/10), para mais de 107 mil estudantes da rede estadual de ensino. O aporte é referente ao mês de setembro. Desse montante, pouco mais de R$ 11 milhões foram destinados aos estudantes do ensino médio da rede estadual que estão regularmente matriculados e são beneficiários da Bolsa Permanência, que bonifica com R$ 100 (escolas regulares) e R$ 150 (escolas de ensino integral) os alunos com frequência escolar superior a 90%. Já para a Bolsa Conclusão, que bonifica os estudantes que concluíram o ensino médio com R$ 2.000 cada, foram alocados R$ 5 milh
Alagoas registra ocupação de 77% na rede hoteleira no feriado de Finados

Alagoas registra ocupação de 77% na rede hoteleira no feriado de Finados

Alagoas
Alagoas deve registrar um alto número de turistas neste feriado nacional de Finados. A rede hoteleira do estado registra uma ocupação de 77% a partir desta quinta-feira (2), de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL). Segundo a Superintendência de Planejamento e Prospecção de Negócios da Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur), o estado possui 45 mil leitos na rede hoteleira. Com a ocupação de 77%, é estimado que cerca de 35 mil leitos estejam ocupados durante o feriado. Para a secretária de Estado do Turismo, Bárbara Braga, os dados mostram como Alagoas é cada vez mais um destino de destaque para os viajantes nacionais. "A ocupação hoteleira em um patamar tão significativo é uma clara demonstração do valor que nosso Dest
Bolsonaro acumula multas de R$ 1,6 milhão, mas governador quer anistiar

Bolsonaro acumula multas de R$ 1,6 milhão, mas governador quer anistiar

Justiça
Após nova condenação no Tribunal Superior Eleitoral, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) passou a acumular um total de multas da justiça no valor de R$ 1,6 milhão. Condenado na última terça-feira, junto com o seu ex-vice, general Braga Neto, Bolsonaro foi multado em R$ 425,6 mil. Além disso teve repetida a pena da inelegibilidade por 8 anos, a mesma pena que também atingiu o general. No dia 17 de outubro, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou um projeto de lei do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), que anistia as multas decorrentes da falta do uso de máscara durante a pandemia de covid-19. A medida beneficia Bolsonaro, que deixará de pagar mais de R$ 1,1 milhão aos cofres paulistas. Como a lei ainda precisa ser sancionada e tem previsão de começar a
Dia de Finados: Prefeitura espera mais de 20 mil visitas aos cemitérios

Dia de Finados: Prefeitura espera mais de 20 mil visitas aos cemitérios

Maceió
Nesta quinta-feira, 2 de novembro, Dia de Finados, os cemitérios de Maceió abrem as portas para que as famílias possam manter a tradição de reverenciar os seus mortos. A expectativa da Prefeitura Municipal é de que mais de 20 mil pessoas façam visitas aos cemitérios da cidade, a partir de hoje até o fim da semana. Para isso, a gestão municipal promoveu uma série de realizações nos cemitérios, a partir da limpeza dos espaços e na organização da estrutura, para que os visitantes não tenham dificuldades na hora da visitação. Já o mercado da floricultura espera vender este ano em torno de 15% a mais do que no ano passado, considerando o novo momento econômico do País. O Dia de Finados é uma tradição religiosa que a Igreja Católica dedica aos mortos desde o Século V. A ideia foi unir
Bancos Central reduz taxa Selic e barateia crédito para a população

Bancos Central reduz taxa Selic e barateia crédito para a população

Economia
O Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu, nesta quarta-feira (1º) a  taxa básica de juros (Selic) em 0,5 ponto percentual, de 12,75% para 12,25% ao ano, como era esperado por analistas do mercado financeiro. Com isso, o índice atinge o menor patamar desde março de 2022. Segundo o Relatório Focus, compilado de análises de mais de cem economistas do mercado financeiro, a estimativa para a Selic ao final de 2023 permaneceu em 11,75%. Já o esperado para 2024 avançou de 9,0% para 9,25% e para 2025 subiu de 8,50% para 8,75%. Isso porque começa a aparecer no mercado um temor em relação à percepção fiscal, com a ameaça de alteração da meta de déficit zero em 2024, além de críticas do presidente Lula ao corte de gastos. Além disso, os juros altos nos EUA têm sido outra preocupação pa
Senado aprova projeto para zerar fila do INSS e matéria vai a sanção de Lula

Senado aprova projeto para zerar fila do INSS e matéria vai a sanção de Lula

Brasil
O plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira, 1º de novembro, o projeto de lei (PL) que cria o Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social (PEFPS). A matéria quer reduzir o tempo de análise de processos administrativos e perícias do INSS. Com a decisão do Senado, agora a matéria vai para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula Silva. Além  da redução da fila, a proposta trata também do reajuste salarial dos policiais do Distrito Federal e dos estados de Amapá, Rondônia e Roraima, da transformação de cargos do Executivo e de mudanças na Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai). A relatoria da matéria ficou nas mãos do senador Weverton (PDT-MA), que divide sigla com o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi. O parlamentar rejeitou todas as 24 emendas aprese