27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas aplica dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em todos os adultos

Mais de 330 mil pessoas já estão aptas para reforçar a imunização em novembro; tempo entre a segunda dose e a dose de reforço foi antecipado de seis para cinco meses, de acordo com orientação do Ministério da Saúde

Foto: Olival Santos

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Estado, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) estendeu a aplicação da dose de reforço para toda a população a partir dos 18 anos de idade.

Segundo o Programa Nacional de Imunização (PNI) de Alagoas, 339.233 pessoas já estão aptas a receberem a dose de reforço ainda em novembro.

Outra mudança na estratégia da campanha é a diminuição do tempo entre a segunda dose e a dose de reforço de seis para cinco meses. E para quem tem alto grau de imunocomprometimento, a dose adicional permanece com aplicação após 28 dias do fechamento do primeiro ciclo vacinal.

A dose de reforço será aplicada nos alagoanos adultos que foram vacinados com os imunizantes da AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. A vacina utilizada para a dose de reforço será a da Pfizer ou, de maneira alternativa, a Janssen ou AstraZeneca, independente do esquema vacinal primário.

E para quem recebeu os imunizantes da Janssen, é necessário aguardar posicionamento oficial do Ministério da Saúde acerca da possibilidade de segunda dose.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, pede para que a população tome as três doses da vacina e continue atenta ao uso de máscara e higienização das mãos.

“Todos os adultos devem ficar atentos ao calendário de vacinação para a dose de reforço e também para a segunda dose, porque só a vacinação reduz de maneira significativa a ocorrência de casos graves, óbitos e, consequentemente, a diminuição da ocupação hospitalar pelo novo coronavírus”. Alexandre Ayres.

De acordo com notas informativas do Ministério da Saúde (MS), há uma possível diminuição, ao longo do tempo, da resposta imune contra a Covid-19, após a segunda dose da vacinação, por isso é importante a aplicação da dose de reforço.

E com o intuito de incentivar os 21 milhões de brasileiros que estão com o esquema vacinal atrasado a tomarem a segunda e a terceira doses da vacina, o MS, em conjunto com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conassems), iniciou uma mobilização nacional que vai até sexta-feira (26) em todo o Brasil.

O slogan da campanha nacional é “Proteção pela metade não é proteção” e os postos de vacinação em todo o país estão preparados para garantir a proteção máxima para a população que está com alguma dose da vacina em atraso.

Até agora, considerando a estratégia anterior utilizada pelo MS (que estabelecia a terceira dose para pessoas com 60 anos ou mais e para os profissionais de saúde seis meses após o fechamento do esquema vacinal e para os imunossuprimidos 28 dias depois da segunda dose), 137.670 alagoanos já tomaram a terceira dose da vacina contra a Covid-19.

E para que o número de óbitos, assim como o número de casos não volte a subir, é preciso continuar atento aos cuidados no combate ao novo coronavírus, inclusive para evitar a proliferação de novas variantes. Por isso, não esqueça:

Use máscara ao sair de casa;

  • Respeite os protocolos de distanciamento social;
  • Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool 70%;
  • Evite tocar os olhos, nariz ou boca;
  • Cubra nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou espirrar;
  • Fique em casa se você se sentir indisposto;
  • Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.