27 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Bolsonaro apresenta teste negativo da Covid no STF para ir à posse de Mendonça

A posse do novo ministro está marcada para esta quinta-feira

Indicado por Bolsonaro, André Mendonça toma posse hoje no STF

Está marcada para esta quinta-feira, às 16 horas, a posse do  novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça. A cerimônia será presencial, mas com cobrança de comprovante vacinal de Covid-19 ou teste de PCR negativo. A capacidade máxima do evento é de 60 pessoas.

Contrário a vacina da Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro apresentou teste negativo da Covid para poder comparecer à solenidade, acompanhado da primeira dama Michele Bolsonaro.

 André Mendonça usou os 20 convites que tinha direito para chamar familiares e integrantes da igreja evangélica.

A posse terá duração de 15 minutos, com convidados previstos em lista para que seja mantido o distanciamento social em razão da pandemia. Em plenário, estarão ministros em exercício e aposentados, autoridades de praxe (presidentes da República, da Câmara, do Senado e de tribunais superiores, por exemplo) e convidados pessoais do novo ministro.

O STF informou a todos os participantes sobre a exigência de apresentação do cartão de vacinação ou comprovante de exame PCR negativo feito até 72 horas antes do evento. É possível enviar o documento por e-mail ao cerimonial previamente.

Abertura

Às 16h, o ministro Luiz Fux abrirá a sessão. Em seguida, haverá a execução do Hino Nacional brasileiro. O ministro mais antigo da Corte presente na sessão e o mais novo conduzem o novo integrante ao plenário.

Em seguida, o ministro André Mendonça faz o juramento de cumprir a Constituição Federal. O presidente do STF e o ministro empossado assinam o Termo de Posse. Depois, Mendonça tem sua posse declarada pelo presidente Fux e a cerimônia é encerrada.