24 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Convênio entre Senai e Seduc garante dez mil vagas em cursos para estudantes da rede estadual

Iniciativa tem como prioridade alunos do ensino médio, que terão acesso à qualificação profissional

Convênio foi assinado em São Paulo | Assessoria

Um dos maiores programas de qualificação profissional já desenvolvidos no Estado foi oficializado nesta segunda-feira, 13. São dez mil vagas em cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) destinadas, prioritariamente, a estudantes da rede estadual de ensino.

O convênio entre o Senai e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foi assinado na sede do Instituto Unibanco, em São Paulo, pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade, pelo governador Renan Filho e pelo titular da Seduc, o secretário Rafael Brito.

Durante a assinatura do contrato, o industrial José Carlos Lyra destacou a importância dessa parceria para a economia e a inclusão social. “Nós sabemos como a educação profissional é importante para melhorar não só a competitividade da Indústria, mas, para gerar as melhores oportunidades de emprego e renda para os jovens”, disse.

A cerimônia aconteceu durante evento em que o governador e o secretário apresentaram as ações desenvolvidas em Alagoas na área da Educação. “Alagoas, cada vez mais, tem se tornado referência nacional. Nosso maior ciclo de investimentos na educação está rendendo bons frutos e nós seguiremos avançando”, disse Renan Filho.

A parceria beneficiará estudantes de todas as regiões do Estado que estejam cursando o ensino médio. Além de garantir a empregabilidade, a ação visa a estimular o empreendedorismo. Algumas das qualificações geram a possibilidade dos concluintes se tornarem microempreendedores.

O diretor regional do Senai, Carlos Alberto Paes, ressalta as janelas de oportunidades que se abrem para os concluintes dos cursos. “Eles terão a chance de obter uma qualificação profissional com a qualidade do Senai, que possui altos índices de empregabilidade segundo apontam pesquisas feitas junto aos egressos e aos empresários”, disse.

A iniciativa nasceu em etapas, com a colaboração das equipes do Senai e das secretarias da Fazenda, do Planejamento e da Educação. Para a diretora de Educação e Tecnologia do Sesi Senai, Cristina Suruagy, o convênio é um marco.

“[É mais do que importante] não apenas pelo quantitativo de novos profissionais que vamos formar, mas, também, pelo fato do Estado ter acreditado no programa que o Senai, juntamente com eles, desenvolveu para termos essa mão de obra melhor qualificada em Alagoas”, disse.