18 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Esportes

CRB foi melhor em campo, mas o CSA segurou o empate de 0 a 0

O curioso é que o Galo da Praia completa seis partidas dentro de casa sem vencer

CRB jogou muito mais mas não saiu do 0 a 0 no clássico contra o CSA

O CRB continua com problemas para vencer no seu mando de campo. Neste sábado, 2, no clássico contra o arquirrival CSA, no Estádio Rei Pelé, não foi diferente. O Galo até jogou melhor, mas o CSA segurou o empate em 0 a 0.

O pior nessa história é que o resultado tirou o CRB do G-4. Pior ainda é que o próximo jogo fora de casa é contra o Botafogo-RJ.

O Clássico das Multidões, como é conhecido, pela 28ª rodada da competição teve domínio total do time do Galo da Praia, mas chega agora ao sexto jogo sem vencer dentro de casa

O empate deixou o time regatiano com 48 pontos, na quinta colocação. Já o CSA não conseguiu a quinta vitória consecutiva, mas e encostou ainda mais no pelotão que briga pelo acesso. O time azulino é o sexto colocado, com 42 pontos. Seis pontos de diferença para o  CRB.

Embalado por seus torcedores, o CRB adotou postura ofensiva e controlou as ações no primeiro tempo. O time regatiano teve mais posse de bola e criou ótimas oportunidades de gol, porém, viu o goleiro Thiago Rodrigues, do CSA, sair para o intervalo como um dos melhores em campo.

Logo aos 20 minutos, Nicolas Careca deu lindo chapéu em Lucão na área do CSA e finalizou cruzado pela linha de fundo, quase arrancando o grito de gol das arquibancadas. Não demorou e seis minutos depois foi a vez de Pablo Dyego chutar com perigo, rente à trave do goleiro do CSA.

Sufocando o adversário, o CRB não tirou o pé em nenhum momento e teve a melhor oportunidade aos 29, quando Nicolas Careca recebeu na entrada da área e chutou colocado. Thiago Rodrigues foi buscar no ângulo e evitou o gol, numa linda defesa que evitou o primeiro gol no clássico.

No segundo tempo, o clássico alagoano teve um ritmo bem diferente, embora o CRB tenha seguido melhor. A diferença é que o CSA teve mais espaço para trocar passes e pecou bastante nas finalizações com seus homens da frente.

A primeira boa oportunidade aconteceu só aos 30 minutos, quando Guilherme Romão tentou cruzar da esquerda e quase acertou o ângulo do goleiro do CSA, que conseguiu tirar a bola em cima da linha.

Nos minutos finais do jogo, o CRB ainda esboçou pressões com uma série de cruzamentos, mas a zaga do CSA foi bem e segurou o empate no placar.

O CRB volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Botafogo, às 19 horas, no Rio. Já o CSA jogará no sábado diante do Brusque, às 21 horas, no Rei Pelé, em Maceió (AL).

FICHA TÉCNICA

CRB 0 X 0 CSA

CRB – Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei (Marthã), Jean Patrick (Wesley) e Diego Torres; Pablo Dyego, Nicolas Careca (Júnior Brandão) e Jajá (Alisson Farias). Técnico: Allan Aal.

CSA – Thiago Rodrigues; Cristovam, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane (Giva Santos), Yuri (Gabriel Tonini) e Gabriel; Marco Túlio (Didira), Bruno Mota (Renato Cajá) e Iury Castilho. Técnico: Mozart Santos.

ÁRBITRO – Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS – Pablo Dyego (CRB); Gabriel e Iury Castilho (CSA).

PÚBLICO E RENDA – Não divulgados.

LOCAL – Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).