21 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Estado recebeu nesta terça mais de 99 mil doses de vacinas Pfizer e Astrazeneca

Com essas doses, governo espera finalizar imunização de grupos prioritários

Secretário da Saúde do Estado, Alexandre Ayres, acompanhou a chegada dos novos lotes de imunizantes

O governo de Alagoas recebeu nesta terça-feira, 18, mais 99.830 doses de AstraZeneca e Pfizer enviadas pelo Ministério da Saúde (MS).

O primeiro lote  que chegou na manhã desta terça-feira (18) ao Estado foi da vacina AstraZeneca, com 89.300 doses. O montante já está na sede do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL), órgão ligado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Conforme a pauta do Ministério da Saúde (MS), está prevista a chegada de mais 10.530 doses da vacina Pfizer. Um novo lote deve chegar no final da tarde desta terça-feira (18), no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, esteve no PNI/AL para acompanhar a chegada de mais uma remessa do imunizante da AstraZeneca. Ele ressaltou que os municípios têm avançado com a vacinação, de acordo com a pactuação feita junto ao Governo, imunizando os grupos prioritários.

“Com a chegada de mais doses das vacinas [AstraZeneca e Pfizer], a nossa ideia é finalizar a vacinação dos grupos prioritários e avançarmos, assim que possível, para as idades simples. Ou seja, precisamos vacinar a população que não tem comorbidades, que não pertença a grupos prioritários, que não tenha nenhum tipo de deficiência permanente. Então, seguiremos mantendo o diálogo com os municípios para que possamos anunciar, em breve, a imunização para toda a população alagoana”, informou o secretário Alexandre Ayres.

Com esse novo lote dos imunizantes AstraZeneca e Pfizer, Alagoas já recebeu um total de 1.285.180 doses enviados pelo MS. A 24ª remessa foi recebida pelos técnicos do PNI/AL, e passam por todos os procedimentos necessários de armazenamento e averiguação da quantidade de doses e validade.

As doses da AstraZeneca ficam armazenadas em uma temperatura entre 2° e 8° Celsius. Já as vacinas da Pfizer precisam estar congeladas, por isso, ficam acondicionadas em temperaturas negativas entre -25° à -15° Celsius.

Após esse procedimento, as vacinas são encaminhadas para as Centrais Estaduais de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos, localizadas em Maceió e Arapiraca, onde ficam à disposição para que os 102 municípios alagoanos façam a retida das doses. Por causa do armazenamento diferenciado, as vacinas da Pfizer serão enviadas apenas para os municípios de Maceió e Arapiraca, por serem as únicas cidades com estrutura necessária para o acondicionamento das doses.

Para as Secretarias Municipais de Saúde (SMSs) retirarem as doses e os insumos, os representantes devem fazer uma requisição no Sistema de Informações de Insumos Estratégicos (SIES), além de agendar previamente com a Central de Maceió pelo e-mail: [email protected], ou com a Central de Arapiraca pelo e-mail: [email protected] .

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, a imunização tem avançado em Alagoas graças à dedicação, organização, logística e parceria entre governo e municípios. “Alagoas continua avançando com a imunização contra a Covid-19. Assim que o Estado recebe as doses do Ministério da Saúde, seguimos atuando com celeridade para repassar aos municípios os quantitativos que possibilitem às Secretarias Municipais de Saúde a continuação da vacinação dos grupos prioritários. Lugar de vacina é no braço do alagoano”, destaca.

Do total de vacinas recebidas em Alagoas, a Sesau fez a distribuição de 995.415 imunizantes para os 102 municípios, com a vacinação de 808.577 pessoas. Até está segunda (17), 558.321 receberam a primeira dose e outras 250.256 pessoas receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19.