20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Medo da obstrução dos trabalhos levou Lira a fazer acordo com oposição

Eleição para membros da mesa diretora na manhã de hoje

Lira faz acordo na composição da mesa e eleição será hoje

Com receio da oposição à sua eleição obstruir os trabalhos na Câmara dos Deputados, o presidente da Casa , Arthur Lira (PP-AL), decidiu fazer um acordo com os partidos para a definição dos demais membros da mesa diretora.

Se não recuasse no processo de anulação dos blocos partidários, Lira teria de enfrentar obstruções de 10 partidos e quase 200 parlamentares.

Ainda assim assim, as posições de maior importância, depois da dele, ficarão com legendas que deram respaldo à candidatura do líder do Centrão. Pelo consenso firmado ontem, a primeira vice-presidência da Câmara será do PL, enquanto a segunda vice-presidência ficará com o PSD.

As quatro secretarias da Câmara serão, na sequência, de PSL, PT, PSB e Republicanos. Por fim, as quatro suplências ficarão, na ordem, com PDT, DEM, PV e PSC. A eleição para as funções ocorre hoje, quarta-feira, 03, às 10h. Cada partido terá apenas um candidato, conforme estabelecido na reunião de ontem.

Com o acordo, a composição da mesa deverá ser formada com a seguinte configuração:

  • 1ª Vice-Presidência – PL – Marcelo Ramos (AM) deve ocupar o cargo;
  • 2ª Vice-Presidência – PSD – André de Paula (PE) deve ocupar o cargo, mas Delegado Éder Mauro (PA) e Júlio Cesar (PI) também se candidataram;
  • 1ª Secretaria – PSL – Luciano Bivar (PE) deve ocupar o cargo, mas Léo Motta (MG) também se candidatou;
  • 2ª Secretaria – PT – Marília Arraes (PE) era o nome do PT até esta tarde, mas Paulo Guedes (MG) e João Daniel (SE) também se candidataram;
  • 3ª Secretaria – PSDB – Rose Modesto (MS) deve ocupar o cargo, mas poderá haver disputa com Júlio Delgado (PSB-MG), que disputa como avulso. Delgado poderá ter a candidatura indeferida por não ser do PSDB, partido contemplado pelo acordo;
  • 4ª Secretaria – Republicanos – Rosângela Gomes (RJ) deve ocupar o cargo.