26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Blog

O que esconde o motorista dos Bolsonaro que não aparece?

Motorista da família Bolsonaro sumiu para não depor no Ministério Público

E o motorista da família Bolsonaro faltou ao depoimento no Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) pela segunda vez. O que ele esconde tanto? Por que faltou aos dois depoimentos?

A família Bolsonaro vendeu uma pseudo imagem de santidade e honestidade para os desavisados brasileiros e agora as visões vão se clareando. Mas, para quem quiser ver.

A história do motorista e ex-militar Fabrício Queiroz, o assessor de Flávio Bolsonaro, e dono das movimentações atípicas envolvendo R$ 1,2 milhão, segundo relatório do Conselho de Controle de Atividadedos Financeira (Coaf), pegou em cheio o filho do presidente e o próprio futuro mandatário do Pais, pois ninguém consegue explicar o caso. Na ponta do novelo está a transferência de R$ 24 mil para a futura primeira dama, Michele Bolsonaro.

Queiroz e o patrão Flávio.

Desde que o caso veio à tona que o motorista sumiu para não dar explicações. E se o fez tem a devida cobertura de alguém que não quer que nada se esclareça.

Nesta sexta-feira, 21, Queiroz seria ouvido pelo pelo Grupo de Atribuição Originária em Matéria Criminal (Gaocrim) do MPRJ, mas não compareceu. A defesa diz que o motorista está doente.

O caso é tipico de quem quer ganhar tempo. E quem assim age é por que tem ser algo sério a esconder.

O certo é que a investigação no Rio de Janeiro produziu um relatório da chamada “Operação Furna da Onça”, como dos desdobramentos da Lava Jato no Rio de Janeiro, que levou à prisão de deputados estaduais no início de novembro. Por isso mesmo o Ministério Público também quer ouvir, além do motorista, o próprio Flávio Bolsonaro.

Pelo que se percebe estão todos empurrando o caso com a barriga, quem sabe para tempos depois da posse de Jair, o pai, na presidência da República.

E a razão só pode ser uma: é que há quem pense que o poder costuma limpar a imagem de qualquer caráter repulsivo.