26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Economia

Pelo 10º dia seguido, dólar quebra novo recorde e fecha a R$ 4,511

No ano, a moeda americana acumula valorização de 12,41% em relação ao real

O dólar comercial emendou sua 10ª alta consecutiva, de 0,54%, e fechou o dia cotado a R$ 4,511 na venda. É o maior valor nominal (sem considerar a inflação) de fechamento. No ano, o dólar acumula valorização de 12,41% em relação ao real.

Foi um dia de grande instabilidade nos mercados globais. O banco central dos EUA (Federal Reserve, ou Fed) fez uma reunião de emergência e anunciou um corte de 0,5 ponto nos juros, algo que não acontecia desde a crise de 2008.

Isso aumentou os temores de que o impacto do coronavírus nas economias norte-americana e global pode ser maior que o esperado. Há expectativa de que outros países —inclusive o Brasil— adotem medidas semelhantes para tentar conter os efeitos da epidemia.

A moeda americana começou o ano acima de 4 reais e não parou de cair