16 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Renan diz que País pode economizar R$ 2,3 bi ao ano com fim de penduricalhos do judiciário

Senador articula movimento para acabar com os penduricalhos nos salários dos servidores públicos privilegiados

Renan: projeto atinge abrange os servidores que recebem penduricalhos nos três poderes

O Congresso Nacional se movimenta para votar em regime de urgência o fim dos penduricalhos nos salários dos servidores públicos privilegiados do País, notadamente do Poder Judiciário.

Segundo o senador Renan Calheiros (MDB-AL), em declaração à disse à Folha de S. Paulo, o País economizaria R$ 2,3 bilhões ao ano só com os penduricalhos do judiciário.

Renan é dos articuladores da movimentação para votar o projeto que está aguardando data para votação na Câmara. Vários partidos pediram a tramitação em regime de urgência.

Calheiros disse ao jornal que esse projeto decretará o fim dos supersalários nos três poderes e não apenas no âmbito do judiciário brasileiro. E acrescentou que a economia gerada com esse projeto resultará em R$ 100 bilhões em 10 anos.

A votação em regime de urgência depende agora do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Pelo visto, a zoada vai ser grande.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.