27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Senai e indústrias parceiras entregam 908 certificados do Emprega + Brasil

Ação que promove a qualificação profissional beneficiou comunidade do Benedito Bentes

Luzia Izidório fez o curso de manipulador de alimentos | Assessoria

Aos 30 anos de idade e à procura de novos rumos na carreira profissional, Luzia Izidório da Silva encontrou a mudança e o apoio que precisava no curso de manipulador de alimentos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), na Escola Sesi Senai Benedito Bentes.

“O Senai transformou a minha vida porque abriu os meus olhos para que eu conseguisse enxergar que eu era capaz em várias coisas. Porque eu estava com os olhos fechados e, depois que cheguei aqui, agora sei que sou capaz. Qualificado, a gente pode chegar a qualquer lugar”, afirmou, durante a cerimônia de entrega dos certificados aos participantes dos cursos do programa Emprega + Brasil, na noite da última quinta-feira, 28.

Depois do curso, além do convite para trabalhar em dois restaurantes, ela revela que “perdeu o medo” e acabou de comprar ingredientes para empreender. Luzia é uma das 908 vidas transformadas na região, em cursos de diversas áreas profissionais, por meio da parceria entre o Senai, o Ministério da Economia, a Prefeitura Comunitária do Benedito Bentes e 20 indústrias que doaram vouchers para viabilizar a ação.

No total, 908 pessoas foram qualificadas na região do Benedito Bentes | Assessoria

A diretora da Escola Sesi Senai Benedito Bentes, Alessandra Damacena, destacou a importância da qualificação de mão de obra na comunidade onde existe uma grande força de trabalho em potencial. “A gente fica muito feliz, não somente do ponto de vista social, mas, também, do ponto de vista de transferência de conhecimento e de aumento da competitividade da indústria alagoana. A gente sabe que, quando a gente forma pessoas, a gente aumenta também a competitividade da indústria”, afirmou.

Liderança local, o vereador Brivaldo Marques revela que ter uma unidade Sesi Senai no bairro, aberta a parcerias, é um ganho para todos. “O bairro ganha com todo o envolvimento dos jovens. A gente sabe que, por ser uma periferia, a dificuldade é muito grande. Então, você dar uma oportunidade a esse jovem para ser uma pessoa melhor, qualificada, que consiga adentrar no mercado de trabalho, é um ganho fora de série”, concluiu.